Terça-feira, 16 de maio de 2017 - Por Divulgação ONUBR
Agência da ONU apoia em SP capacitação de gestores em dinâmicas populacionais
Agência da ONU apoia em SP capacitação de gestores em dinâmicas populacionais
Participantes do IX Programa de Capacitação: População, Cidades e Políticas Sociais na UNESP-Araraquara. Foto: Observatório das Migrações em São Paulo
O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) apoiou a nona edição do Programa de Capacitação: População, Cidades e Políticas Sociais, cujo enfoque foi a transição demográfica e indicadores sociais, em consonância com a realidade local e regional. O programa teve como objetivos centrais a sensibilização e a capacitação de gestores públicos municipais, estaduais e federais acerca de temas relacionados à dinâmica populacional e às políticas sociais. Realizado nos dias 5 e 6 de abril, o encontro fez parte do Programa de Seminários do Observatório de Migrações (Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó” – NEPO/UNICAMP), na Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Araraquara, São Paulo. Rosana Baeninger, professora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP e organizadora do evento, apontou que algumas das metas do encontro eram apresentar indicadores sociais para expandir as possibilidades de pesquisas, demonstrar a importância de conhecer a realidade local e ressaltar a importância de relacionar políticas locais, regionais e nacionais. As mesas-redondas do encontro tiveram como temas a transição demográfica e políticas sociais; as dinâmicas populacionais nas regiões de Araraquara e São Carlos (SP); e as demandas locais e regionais de Araraquara. Baeninger destacou a necessidade de os gestores conhecerem a fundo seu público-alvo para melhor efetivação das políticas públicas de desenvolvimento territorial. Ela ainda comentou que não é possível fazer política social homogênea, uma vez que é necessário destrinchar o público-alvo, principalmente em relação a grupos sociais, raça/cor e gênero. Roberta Peres, pesquisadora do NEPO, disse que, para construir os indicadores, é necessário olhar para as condições de vida da população através de uma perspectiva teórica para então defini-los. O programa de capacitação ofereceu ainda a oficina “Pesquisa Etnográfica: Referências para Políticas Públicas no rural e no Urbano”, ministrada por pesquisadoras da UNESP, Unicamp e Universidade de Araraquara (UNIARA). Outras informações sobre as mesas-redondas podem ser encontradas no blog Demografia Unicamp (clique aqui). Texto publicado originalmente em 3 de maio de 2017 no site ONUBR Nações Unidas do Brasil

Fonte: ONUBR Nações Unidas do Brasil

Voltar
NEPO
COCEN Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisplinares de Pesquisa Rua Saturnino de Brito, nº 323, 2º andar Cidade Universitária Zeferino Vaz - Barão Geraldo, Campinas - SP CEP: 13.083-889 cocen@reitoria.unicamp.br +55 (19) 3521-4912 Equipe
Links
Voltar ao início Unicamp Escreva sua matéria
Acesse pelo celular