Segunda-feira, 23 de abril de 2018 - Por Patrícia Lauretti
Pesquisadora da Unicamp é eleita para comitê científico internacional
Pesquisadora da Unicamp é eleita para comitê científico internacional
A pesquisadora Germana Barata, do Labjor, agora no Comitê da PCST
A pesquisadora do Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp, Germana Barata, foi eleita para o Comitê Científico da rede internacional Public Communication of Science and Technology (PCST), que procura promover novas ideias, métodos, questões intelectuais e perspectivas sobre a comunicação da ciência e tecnologia. Germana é professora visitante na Simon Fraser University (SFU), no Canadá, e concorreu ao comitê pela primeira vez. De acordo com a pesquisadora os membros do comitê definem os rumos da rede de pesquisa, estabelecem direções para a divulgação científica, definem sobre as próximas conferências e avaliam trabalhos submetidos. As eleições para a escolha de 14 membros (4 das Américas e África, 4 da Europa, 4 da Australásia e 2 membros com idades até 35 anos) ocorrem a cada dois anos, quando votam os membros associados ao PCST. Germana foi a única nova integrante na categoria Américas e África, ao lado do canadense Bernard Schiele (um dos fundadores do PCST), da sul africana Marina Joubert e da também brasileira Luisa Massarani, que já eram membros da rede e foram reeleitos. “Fui uma das organizadoras da conferência que ocorreu em Salvador em 2014 e isso certamente foi o diferencial para minha escolha. Participo das conferências desde 2004, enquanto estudante de mestrado e na época era repórter da revista ComCiência do Labjor/Unicamp. Em 2008, ganhei o PCST Junior Award, de melhor trabalho apresentado na conferência junto com outra premiada que ganhou representando a Coreia do Sul”, comenta a pesquisadora explicando sua conexão com a rede. Germana afirma que tem interesse sobretudo em contribuir para “equilibrar e democratizar mais a participação de países em desenvolvimento - sobretudo da América Latina, Caribe e África- de gênero na programação e na participação das conferências da rede PCST. A multiplicidade enrique o debate e a prática acadêmica”. Segundo ela, a rede tem ainda uma forte presença e atuação europeia e de países desenvolvidos falantes da língua inglesa.

Fonte: Portal da Unicamp

Voltar
LABJOR
COCEN Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisplinares de Pesquisa Rua Saturnino de Brito, nº 323, 2º andar Cidade Universitária Zeferino Vaz - Barão Geraldo, Campinas - SP CEP: 13.083-889 cocen@reitoria.unicamp.br +55 (19) 3521-4912 Equipe
Links
Voltar ao início Unicamp Escreva sua matéria
Acesse pelo celular