Projetos
44 Projetos de Pesquisa (NEPAM) Fonte: Avaliação Institucional 2009-2013
A COBERTURA VEGETAL DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS-SP (2010): ATUALIZAÇÃO DO MAPA DA VEGETAÇÃO REMANESCENTE ELABORADO POR SANTIN (1999).

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin

Início: 2008

Término: 2010


Resumo:

No trabalho foi feita a atualização do mapa da vegetação remanescente elaborado na minha tese de doutorado que desde aquela época passou a ser utilizado pelo poder público e a ser o mapa oficial de vegetação do município de Campinas embasando o Plano Diretor de Campinas (2007). Em 2010 a atualização fez-se necessária inclusive devido a modificação zoneamento da cidade que passou a ter 09 macrozonas e para as quais foram feitos registros individualizados.

Ocultar
A CONSTRUÇÃO DOS PATRIMÔNIOS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO NO ESTADO DE SÃO PAULO: ANÁLISE DOS DISCURSOS INSTITUCIONAIS SOB A PERSPECTIVA DA HISTÓRIA AMBIENTAL.

Coordenador Principal: Aline Vieira de Carvalho

Início: 2014

Término: 2016


Resumo:

Analisar discursos institucionais voltados para a definição e a gestão dos patrimônios materiais e imateriais em áreas de preservação ambiental do Estado de São Paulo, ao longo dos últimos 117 anos de história. Temos observado na bibliografia acadêmica nacional e nos bancos de dados dos órgãos responsáveis pela gestão tanto das Unidades de Conservação como dos Patrimônios Materiais e Imateriais (sejam nas esferas Federal, Estadual ou Municipal) uma lacuna ao que se refere aos cruzamentos de dados entre os patrimônios e essas áreas de preservação da natureza. Esses silenciamentos não são exclusivos de nosso tempo presente, mas, parecem formar uma longa duração que tem perdurado em nosso cenário cultural. Nesta investigação, a partir das bases teóricas da História Ambiental e da História e Arqueologia Pública, almejamos compreender a construção destes discursos, tanto no âmbito das políticas patrimoniais como as das políticas de gestão das Unidades de Conservação do Estado de São Paulo, assim como as suas consequências para a formação de nossas memórias ambientais

Ocultar
A TOMADA DE DECISÃO EM PROPRIEDADES RURAIS: MUDANÇAS CLIMÁTICAS, RISCO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL COMO FORÇAS MOTRIZES.

Coordenador Principal: Simone Aparecida Vieira

Início: 2013


Resumo:

As mudanças no uso da terra ocasionadas pelas atividades agrícolas podem acarretar em degradação do meio ambiente, alteração das paisagens, perdas das funções ecossistêmicas e, consequentemente, dos serviços ambientais. Isso se dá porque o uso e ocupação do solo é um processo complexo influenciado pela interação entre sistemas naturais e sociais em diferentes escalas temporais e espaciais. Nas áreas rurais, tal uso geralmente está relacionado às dinâmicas da agropecuária e dos sistemas de produção particulares, sendo cada sistema produtivo difere entre si, refletindo a heterogeneidade do comportamento e das decisões humanas. Em escalas globais, a questão das mudanças climáticas traz desafios que envolvem a necessidade de aumentar a capacidade produtiva do setor e reduzir os níveis de emissões de gases de efeito estufa. Assim, o objetivo deste projeto é investigar as percepções e motivações que direcionam os proprietários de terras nas tomadas de decisões em relação ao uso do solo e na adoção de sistemas de produção agrícola eficientes. Este estudo será desenvolvido em áreas em que há atividades de conservação da paisagem na esfera dos programas de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) e de recuperação de pastagens degradadas ou implementação de sistemas integrados de agricultura pecuária e florestas no âmbito do Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura (Plano ABC)

Ocultar
AGRICULTORES FAMILIARES DA REGIÃO AMAZÔNICA NA PRODUÇÃO DO BIODIESEL: ASPECTOS SOCIAIS, INSTITUCIONAIS E AMBIENTAIS

Coordenador Principal: Célia Regina Tomiko Futemma

Início: 2013


Resumo:

Esta pesquisa foca os aspectos sociais, institucionais e ambientais da cadeia produtiva de plantas oleaginosas para a produção biodiesel a qual envolve os agricultores familiares de áreas consideradas carentes e marginais do país, neste caso a região norte. Para fomentar uma produção energética ambientalmente mais limpa e socialmente mais justa em contraposição com o programa do Pró-Álcool, o governo federal lançou um novo programa para a produção de biodiesel em 13 de janeiro de 2005 - o Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel - PNPB (Decreto Federal 11.097). Ainda dentro das políticas de incentivo à produção de bioenergia, o governo federal lançou, em maio de 2010, um programa mais específico voltado para a produção de biodiesel a partir de palmeiras oleaginosas na região Amazônica, o Programa de Produção Sustentável de Palma de Óleo (PPSPO). As políticas de produção de biodiesel no Brasil, justamente, baseiam-se na produção da agricultura de pequena escala ou familiar, sendo que um dos pontos centrais do biodiesel é a responsabilidade social, com a criação do Selo de Combustível Social. Dessa maneira, esta pesquisa pretende analisar o desempenho dos programas de biodiesel na inclusão do pequeno produtor na cadeia de produção das palmeiras oleaginosas dendê Elaeis guineenses -- na região Amazônica, no estado do Pará. Dessa maneira, este trabalho pretende contribuir em duas frentes: (1) se de fato, o PNPB e PPSPO promovem justiça social a partir do envolvimento desses agricultores familiares na cadeia de produção do biodiesel, com o aumento de renda, segurança alimentar e melhoria na qualidade de vida e (2) analisar a diversificação dos arranjos institucionais e dos sistemas produtivos, bem como, a capacidade de os agricultores familiares lidarem com as mudanças socioambientais, considerando-se o grau de capital social, capital humano e capital tecnológico presentes entre essas populações rurais e, portanto, avaliar as suas capacidades de resiliência..

Ocultar
AMBIENTE, SUBJETIVIDADE E COMPLEXIDADE: UM ESTUDO SOBRE DEPRESSÃO NO LITORAL NORTE PAULISTA

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2005

Término: 2009


Resumo:

O projeto propõe analisar a qualidade de vida de sociedades complexas, tomando como referência à ocorrência de depressão entre moradores do litoral norte paulista, especialmente nos municípios de São Sebastião, Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela. O estudo da depressão do ponto de vista socio-ambiental pretende ser uma contribuição importante para os trabalhos nas áreas de teoria social, sociologia ambiental e de saúde mental, já que, a importância desta morbidade no contexto contemporâneo tem se constituído de forma cada vez mais significativa, e assim carece de outros olhares e interpretações interdisciplinares ou multireferencidas. Para tanto, busca-se compreender a presença de depressão entre os moradores desses municípios, dando continuidade a outras pesquisas que foram e estão sendo desenvolvidas (FAPESP, processos n 01/00718-1; 01/05263-2 e 03/00175-3). É comum na literatura corrente associar a presença de depressão ao tecido urbano industrial, no entanto, pesquisas anteriormente realizadas estão indicando que os estados depressivos e outros transtornos mentais estão bastante disseminados na sociedade contemporânea sem distinção de espaço geográfico e de uma problemática que a especifique, no entanto, acredita-se que em cada uma dessas pesquisas tem sido possível observar particularidades e características que evidenciem significativos detalhes e especificidades que pertencem a cada um dos municípios a que estão vinculados. Os estados depressivos, nesta pesquisa, serão considerados a partir de diagnóstico que é realizado por médicos psiquiatras dos serviços públicos de cada um dos municípios. Neste sentido, a hipótese, aqui considerada, é que as transformações socio-ambientais, principalmente, aquelas ocorridas nas quatro últimas décadas, têm sido fundamentais e contribuintes deste perfil, que se manifesta na população, sendo, por fim diagnosticadas e tratadas como depressão.

Ocultar
AMPLIAÇÃO E REFORMA DA BIBLIOTECA INFANTIL MONTEIRO LOBATO - BOSQUE DOS ITALIANOS, CAMPINAS-SP E RECOMPOSIÇÃO DA VEGETAÇÃO NO SEU ENTORNO.

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin

Início: 2010

Término: 2013


Resumo:

Este projeto foi desenvolvido em parceria com colaboradores de áreas distintas, todos os trabalhos foram voluntários.

Ocultar
ARQUEOLOGIA BIBLICA: UM ESTUDO DE NARRATIVAS E DISCURSOS ACERCA DA HISTORIA DE SUA CONSTITUICAO COMO DISCIPLINA

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 8/2009

Término: 2011


Resumo:

(Bolsa Mestrado MS, BOLSA NO PAIS-MS-II)

Ocultar
ARQUEOLOGIA SUBAQUATICA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE GEORGE FLETCHER BASS

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 10/2009

Término: 2011


Resumo:

Bolsa Iniciação Científica IC, BOLSA NO PAIS-IC

Ocultar
AUXÍLIO ORGANIZAÇÃO REUNIÃO

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 3/2011

Término: 2011


Sem resumo
Ocultar
AUXILIO PROF VISITANTE - LOURDES DOMINGUEZ

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 8/2011

Término: 2011


Resumo:

Visita para participações academicas de pesquisa da Drª Lourdes Dominguez.

Ocultar
AUXÍLIO PUBLICAÇÃO- AMBIENTE & SOCIEDADE

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 10/2009

Término: 9/2010


Sem resumo
Ocultar
AUXILIO VISITANTE EXTERIOR (LOURDES DOMINGUEZ )

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 9/2010

Término: 2010


Resumo:

(Auxilio prof visitante, AUXILIO-VISITANTE-EXTERIOR)

Ocultar
BOUDICA E AS FACETAS FEMININAS AO LONGO DO TEMPO

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 3/2011

Término: 2014


Sem resumo
Ocultar
CNPQ/PRONEX - FAPESP

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 2011

Término: 2013


Resumo:

Foram concedidas 3 bolsas de doutorado por 36 meses e 2 de mestrado por 24 meses, em 03/2011

Ocultar
CONSERVAÇÃO E GESTÃO DE RECURSOS PESQUEIROS NO LITORAL SUDESTE BRASILEIRO

Coordenador Principal: Cristiana S. Seixas

Início: 2010

Término: 2013


Resumo:

Este projeto busca contribuir para o entendimento das dinâmicas sócio-ecológicas em sistemas de gestão da pesca artesanal costeira analisando: (i) a evolução de sistemas de governança de recursos pesqueiros no litoral sudeste do Brasil, e (ii) como as os grupos sociais, principalmente pescadores, lidam com as mudanças ecológicas e sociais na gestão dos recursos pesqueiros; e como as respostas humanas aumentam ou diminuem a capacidade adaptativa e a resiliência do sistema de gestão. Para tanto utilizarei duas abordagens teóricas: (i) a resiliência de sistemas sócio-ecológicos complexos, e (ii) as interações institucionais trans-escalares em gestão participativa de recursos de uso comum..

Ocultar
DIAGNÓSTICO SOBRE PARTICIPACIÓN SOCIAL EN LA GESTIÓN DE ÁREAS PROTEGIDAS EM PAÍSES DA PAN AMAZÔNIA

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 2009

Término: 2009


Sem resumo
Ocultar
EDUCAÇÃO AMBIENTAL URBANA E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

Coordenador Principal: ARLÊUDE BORTOLOZZI

Início: 2004


Resumo:

Oferecer um Curso de Especialização em EDUCAÇÃO AMBIENTAL voltado para formação de educadores ambientais que sejam capazes de desenvolver estratégias metodológicas que contribuam para ações que promovam a melhoria das políticas públicas urbanas.

Ocultar
ELABORAÇÃO DE UM PLANO DIRETOR DE ÁREAS VERDES DA REPLAN, REGISTRO E LICENCIAMENTO DOS PONTOS DE LANÇAMENTO DE BARREIRAS SITUADOS NOS RIOS ATIBAIA E JAGUARI, LEVANTAMENTO FLORÍSTICO NAS MATAS CILIARES DOS RIOS ATIBAIA E JAGUARI.

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin

Início: 2010

Término: 2013


Resumo:

Foi realizado o mapeamento das áreas verdes da REPLAN e a delimitação de zoneamento interno o que resultou na elaboração do Plano Diretor de Áreas Verdes e elaborado o projeto de registro e licenciamento dos pontos de lançamento de barreiras da REPLAN. Foi desenvolvido um projeto paisagístico temático para a parte frontal da Refinaria, um levantamento florístico nas matas ciliares dos rios Atibaia e Jaguari, foram apresentadas propostas de criação de corredores ecológicos interligando os fragmentos internos da Replan entre si e com a Mata da Meia Lua (adjacente e externa) e a criação de uma zona de amortecimento da área industrial abrangendo as faces norte, leste e sul, contíguas e externas à Refinaria, possibilitando a conectividade das bacias dos rios Jaguari e Atibaia.

Ocultar
ENERGIA E QUALIDADE DE VIDA NO LITORAL NORTE PAULISTA: IMPLICAÇÕES SOCIOECONÔMICAS E AMBIENTAIS DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO E GÁS NATURAL

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2012

Término: 2014


Resumo:

A exploração e produção do petróleo e do gás natural no Brasil têm sua maior concentração na plataforma continental ao longo da faixa litorânea. Em decorrência disso surgem implicações socioeconômicas e ambientais positivas e negativas, bem como expressiva arrecadação financeira por parte de alguns municípios, entre eles São Sebastião e Caraguatatuba, ambos localizados no litoral norte paulista, que recebem anualmente elevadas quantias de royalties. Diante deste contexto, esta pesquisa pretende analisar se esses recursos financeiros estão garantindo desenvolvimento local e melhoria da qualidade de vida da população, identificando os processos decisórios pertinentes e a capacidade de exercício de controle social sobre tais recursos. Além disso, visto que as atividades relacionadas à indústria do petróleo e gás natural geram inúmeros impactos ambientais negativos, faz-se necessário analisar se esses impactos estão afetando a qualidade de vida da população de São Sebastião e Caraguatatuba. Esta pesquisa soma-se ao projeto Mudanças ambientais globais, vulnerabilidade, risco e subjetividade: um estudo sobre o Litoral Norte Paulista (processo nº. 2010/20811-5).

Ocultar
ENTRE ILHAS E CORRENTES: A CRIACAO DO AMBIENTE EM ANGRA DOS REIS E PARATY, BRASIL

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 11/2009

Término: 2010


Resumo:

AUXILIO-PUBLICACAO

Ocultar
ESPAÇO PARA GERMINAÇÃO DE SEMENTES E PRODUÇÃO DE MUDAS NA FUNDAÇÃO CASA (CENTRO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE), CAMPINAS-SP., PARTE DO PROJETO REFLORESTAR.

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin

Início: 2011

Término: 2013


Resumo:

Este trabalho teve parte teórica que constou de palestras e orientações práticas sobre preparo de sementes para germinação e transplante atividades realizadas no Espaço da própria Fundação. As práticas de plantios das mudas resultantes foram realizadas no Parque Botânico Amador Aguiar em atividade de campo com os adolescentes.

Ocultar
FORMAÇÃO DA REDE ÍBERO-AMERICANA DE PESQUISA EM AMBIENTE E SOCIEDADE

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 2011

Término: 2013


Resumo:

O objetivo do projeto é a Formação da Rede Íbero-americana de Pesquisa em Ambiente e Sociedade, reunindo universidades e institutos de pesquisa dos países Brasil, Espanha, Peru, Chile, Uruguai, Bolívia e Cuba.

Ocultar
GESTÃO INTEGRADA E COMPARTILHADA DE TERRITÓRIOS MARINHO-COSTEIROS: IMPLICAÇÕES PARA A PESCA ARTESANAL E PARA A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

Coordenador Principal: Cristiana S. Seixas

Início: 2010

Término: 2014


Resumo:

O programa compreende 20 alunos de pós graduação e 18 estudos de caso em 6 estados, sendo papel da UNICAMP a coordenação geral.

Ocultar
IMAGENS DA ARQUEOLOGIA SUBAQUATICA E A QUESTAO DE GENERO: UMA LEITURA POS-MODERNA (PESQUISA BÁSICA)

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 10/2012

Término: 2014


Sem resumo
Ocultar
MEMORIA AMBIENTAIS E RODOVIA RIO SANTOS-PATRIMONIOS E FONTES ORAIS NO LITORAL NORTE DE SAO PAULO

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 8/2011

Término: 2013


Sem resumo
Ocultar
MEMÓRIAS AMBIENTAIS E RODOVIA RIO-SANTOS- PATRIMÔNIO E FONTES ORAIS NO LITORAL NORTE DE SÃO PAULO

Coordenador Principal: Aline Vieira de Carvalho

Início: 2011

Término: 2013


Resumo:

Neste projeto, propõe-se a investigação das memórias ambientais do litoral norte de São Paulo. Almeja-se compreender como as relações entre os homens e a natureza são alocadas no campo das memórias, tornando-se referenciais simbólicos para as negociações cotidianas entre os seres humanos e os seus múltiplos ambientes de pertencimento. O marco espaço-temporal para a investigação situa-se entre dois períodos da história brasileira: de 1937 (momento de criação dos serviços de proteção ao patrimônio nacional) até a construção da Rodovia Rio-Santos e, depois, da Construção da Rodovia Rio - Santos até a atualidade. Para a análise das memórias ambientais serão investigadas duas categorias documentais: a análise dos patrimônios locais e fontes orais. Destaca-se que a investigação será desenvolvida no Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais, em franco diálogo com os quatro componentes do Projeto Fapesp Urban growth, vulnerability and adaptation: social and ecological dimensions of climate change on the Coast of São Paulo. Trata-se, todavia, de um projeto de auxílio regular por suas especificidades temáticas e metodológicas que perpassam questões dos quatro componentes já consolidados no Projeto Mudanças Climáticas. Acrescenta-se a abordagem de aspectos específicos, no âmbito do patrimônio e das fontes orais, sobre a região do litoral norte de São Paulo.

Ocultar
MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS, VULNERABILIDADE, RISCO E SUBJETIVIDADE: UM ESTUDO SOBRE O LITORAL NORTE PAULISTA

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2011

Término: 2013


Resumo:

O presente projeto procura dar continuidade a duas outras pesquisas, coordenados pela responsável desta proposta. Um já finalizado que analisou a depressão entre os moradores do Litoral Norte Paulista, (FAPESP, 2004/ 10685-1), e outro em andamento que procura analisar as implicações das mudanças ambientais globais na saúde humana da população do Litoral Paulista, que está inserido num projeto mais amplo que analisa o Crescimento Urbano, Vulnerabilidade e Adaptação: dimensões sociais e ecológicas das mudanças climáticas no Litoral Paulista, 2009 - 2012 (FAPESP Program on Global Climate Change, 2008/58159-7) . A análise sobre a saúde humana no litoral paulista parte da hipótese de que as mudanças ambientais globais modificam o perfil epidemiológico de morbi-mortalidade das comunidades litorâneas do Estado de São Paulo. Estas modificações se relacionam tanto a morbidades infectocontagiosas, em especial aquelas transmitidas por vetores, como também a condições cardiovasculares e respiratórias. Conseqüentemente, essas alterações incidirão sobre a maneira como os moradores lidam com tais mudanças em seu cotidiano, especialmente os pescadores artesanais e suas famílias, que pela trajetória de vida e trabalho são aqueles que primeiramente percebem mudanças ambientais em seu cotidiano, e acabam por deter um saber que poderá contribuir para a compreensão dessa dinâmica e seus efeitos em suas subjetividades. Desta forma, a presente proposta pretende atingir quatro objetivos centrais: 1) complementar o diagnóstico socioambiental elaborado para o Litoral Norte Paulista (FAPESP 04/10685-1), que contemple os riscos que a população enfrentará a das mudanças ambientais globais ; 2) avaliar os impactos na subjetividade dos moradores a partir dos riscos aos quais estarão submetidos, escolhidos como referência os moradores da Praia da Cocanha (escolhida previamente em função da organização social que apresenta em torno da atividade pesqueira), município de Caraguatatuba, Litoral Norte.

Ocultar
MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS: AS POLÍTICAS AMBIENTAIS NA CHINA COM REFERÊNCIA AO BRASIL.

Coordenador Principal: Leila da Costa Ferreira

Início: 4/2014

Término: 3/2016


Sem resumo
Ocultar
MUDANÇAS GLOBAIS E TEMPO DE RESIDÊNCIA DO CARBONO NA VEGETAÇÃO E NO SOLO AO LONGO DE UM GRADIENTE ALTITUDINAL DE MATA ATLÂNTICA NO NORDESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO – BRASIL

Coordenador Principal: Simone A. Vieira

Início: 2012


Resumo:

Para predizer o potencial da floresta tropical de estocar ou perder carbono é necessário entender as variações na estrutura e na dinâmica das árvores. De maneira geral, as florestas tropicais são tratadas como se todas se comportassem de forma similar e pouco se sabe sobre variações na estrutura e no funcionamento das florestas ao longo de gradientes de altitude, onde se encontram os principais remanescentes de Mata Atlântica no Brasil. Com o objetivo de compreender a dinâmica do carbono na vegetação e no solo na região de Mata Atlântica do Estado de São, e em particular, o potencial dessas florestas primárias de atuarem como provedor ou sorvedor de carbono em decorrências das mudanças climáticas e ambientais serão investigadas 16 parcelas permanentes de 1ha estabelecidas pelo projeto BIOTA/FAPESP "Gradiente Funcional" (proc. no. 03/12595-7 e 10/51897-2), ao longo de um gradiente de altitude partindo da cota zero (floresta de restinga) até as florestas que ocorrem a 1000 m a.n.m (Floresta Ombrófila Densa Montana), no litoral Norte do estado de São Paulo e 8 parcelas de 0,25ha estabelecida pelo projeto Clima FAPESP (08/58159-7). Estudos prévios demonstram que as áreas apresentam diferenças na estrutura da floresta, na biomassa, no estoque de carbono acima e abaixo do solo, na produção de serapilheira e na taxa de crescimento arbóreo e, consequentemente, na idade das árvores e na quantidade de carbono que estas acumulam anualmente. Serão empregadas técnicas avançadas (espectrometria de aceleração atômica) combinado com a ecologia clássica de campo e dendrometria, para integrar os processos biogeoquímicos de larga escala em floresta de Mata Atlântica, para entender a vulnerabilidade destas florestas a influência humana e climática.

Ocultar
O COMÉRCIO NO MUNDO ROMANO: ABASTECIMENTO CIVIL E MILITAR E OS USOS DO PASSADO

Coordenador Principal: Pedro Paulo Abreu Funari

Início: 2011

Término: 2012


Resumo:

Destaque-se a publicação de livro resultante de atividades do projeto, Mercato, le commerce dans les mondes grec et romain, Paris, Belles Lettres, 2012, 314 pp., ISBN 9782251030197, numa das mais prestigiosas casas editoras no âmbito em que se insere o volume (Estudos Clássicos). Mencionem-se, ainda, a publicação de artigos e capítulos resultantes do apoio do CNPq.

Ocultar
PARQUE BOTÂNICO AMADOR AGUIAR (PROJETO TEMÁTICO)

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin

Início: 2012


Resumo:

Assessoria em forma de colaboração para o desenvolvimento da parte botânica do projeto. Foi entregue cópia da minha tese de doutorado e dadas orientações para a elaboração dos módulos que contêm as formações vegetais identificadas em Campinas e sobre as espécies ameaçadas de extinção local.

Ocultar
PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DAS ÁREAS VERDES SITUADAS NAS GLEBAS 2 E 3 DO INSTITUTO BIOLÓGICO DE CAMPINAS, SP.

Coordenador Principal: Dionete Aparecida Santin


Resumo:

O Instituto Biológico recebeu doação de mudas, insumos e mão de obra para executar plantios em duas glebas não ocupadas e solicitou colaboração para a elaboração de propostas e projetos para serem desenvolvidos nas áreas.

Ocultar
PROJETO FAPESP JOVEM PESQUISADOR: POPULAÇÕES LOCAIS E A CONSERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO NATURAL

Coordenador Principal: Célia Regina Tomiko Futemma

Início: 2007

Término: 2013


Sem resumo
Ocultar
QUALIDADE DE VIDA E COMPLEXIDADE SOCIAL NA APA CANTAREIRA, SP: UM ESTUDO SOBRE DEGRADAÇÃO SOCIO-AMBIENTAL E SUBJETIVIDADE

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2007

Término: 2009


Resumo:

O objetivo geral desta pesquisa é analisar a qualidade de vida dos moradores de dois bairros rurais do município de Nazaré Paulista e Vargem, respectivamente Moinho e Lopo, pertencentes a APA do Sistema Cantareira, estado de São Paulo, tendo como referência às transformações socio-ambientais ocorridas e as diferentes maneiras que seus moradores têm encontrado para lidar com as mesmas em seu cotidiano. Duas considerações, nesse sentido, são importantes. Primeiro, os dois municípios são considerados casos exemplares de condições socio-ambientais degradadas, a partir do impacto de um grande empreendimento de captação de recursos hídricos, nos anos de 1970, que alterou as relações de uso e ocupação do solo na região, com implicações diretas sobre a qualidade de vida dos moradores. Segundo, a partir do referencial de outras pesquisas realizadas, supõe-se que os moradores podem estar apresentando intenso sofrimento psíquico, no caso específico, depressão, como uma forma de lidar com a problemática e as transformações sócio-ambientais presentes em seu cotidiano, que tornou suas vidas extremamente complexas. Para tanto estaremos analisando esses dois contextos, procurando averiguar as condições objetivas de vida e procurando analisar a relação existente essas duas premissas.

Ocultar
QUALIDADE DE VIDA, TURISMO E SUSTENTABILIDADE NA APA DO SISTEMA CANTAREIRA: UM ESTUDO DE CASO EM VARGEM, SP.

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2008

Término: 2010


Resumo:

O projeto apresentado procura estudar os temas relacionados à qualidade de vida, problemática ambiental, turismo, sustentabilidade e políticas públicas, por meio de pesquisas de impactos socioambientais gerados, principalmente, pelo desenvolvimento da atividade turística no município de Vargem SP, situado na Área de Proteção Ambiental do Sistema Cantareira, Região Bragantina. A APA do Sistema Cantareira possui várias nascentes e pontos de captação de importância regional e remanescentes significativos de Mata Atlântica e apresenta uma problemática ambiental centrada na conservação de recursos hídricos. O projeto originou-se da constatação de que a região vem apresentando vários problemas socioambientais gerados a partir das alterações decorrentes de dois eventos: um empreendimento de captação de recursos hídricos, o Sistema Cantareira e a duplicação da Rodovia Fernão Dias. Ambos os empreendimentos foram determinantes nos processos de expansão industrial e urbana e de incremento turístico na região. O fato do município estar inserido na APA do Sistema Cantareira, enfatiza a necessidade de estudos adequados que possam contribuir para as políticas públicas voltadas a planos turísticos sustentáveis e de projetos efetivamente preocupados com a melhoria da qualidade de vida da população local. Assim, o objetivo geral deste projeto é estudar o processo de desenvolvimento turístico e urbano em Vargem e analisar a efetividade das políticas públicas, na busca pela sustentabilidade e qualidade de vida para esta unidade de conservação. Este trabalho busca também desenvolver uma discussão sobre o real alcance da participação local na gestão turística e do meio ambiente, além de verificar se existem estratégias para o turismo sustentável em Vargem, e como estas associam o desenvolvimento turístico com a conservação ambiental e a qualidade de vida local.

Ocultar
RISK AND SUBJECTIVITY IN THE CONTEXT OF GLOBAL ENVIRONMENTAL CHANGE

Coordenador Principal: Sonia Regina da Cal Seixas

Início: 2013

Término: 2014


Resumo:

This project is meant as a continuation of two decades of research coordinated by Sonia Regina da Cal Seixas on quality of life and environmental change and their impacts on human health and subjectivity. Financial backing is provided by the São Paulo State Research Foundation (FAPESP). Almost all of the work already completed was carried out in the State of São Paulo, Brazil. The results already obtained show that the Brazilian urban scene has undergone major social environmental changes in recent years. This is especially true in regions where in environmental planning is rarely included in broad economic development projects that will undoubtedly affect natural and urban areas, where the vulnerability of the population is most evident and involves social and technological risks. Over the years, though the work in research projects mentioned above, involving theoretical science with a global perspective, it has become possible to incorporate the concept of global environmental change. The importance of this stay ahead is related to the fact that attention has been drawn to climate change as one of the most significant consequences at both global and local levels. The aim of the proposed research is to broaden the scope of analysis by working in collaboration with a group that has experience in solid academic research on global environmental changes, specifically the team at the Walker Institute of the University of Reading (direct contact has been with Dr. Richard Nunes). Especially important in this regard are climate change and the incorporation of environmental planning that takes fragilities into consideration these aspects are considered critical for mitigating the negative effects of developmental models that ignore contemporary social and environmental reality impacts.

Ocultar
SOCIAL AND ENVIRONMENTAL PROCESSES ASSOCIATED WITH THE CONSTRUCTION OF THE BELO MONTE HYDROELECTRIC DAM IN BRAZILIAN AMAZONIA

Coordenador Principal: Emilio Federico Moran

Início: 8/2013

Término: 8/2018


Resumo:

Excellence Chair FAPESP.

Ocultar
TEORIA SOCIAL, INTERDICIPLINARIDADE E QUESTÃO AMBIENTAL NA AMÉRICA LATINA

Coordenador Principal: Leila da Costa Ferreira

Início: 1/2006

Término: 12/2009


Sem resumo
Ocultar
TEORIA SOCIAL, INTERDISCIPLINARIDADE E QUESTÃO AMBIENTAL NA AMÉRICA LATINA- AUXÍLIO A PUBLICAÇÃO

Coordenador Principal: Leila da Costa Ferreira

Início: 2/2010

Término: 1/2011


Sem resumo
Ocultar
URBAN GROWTH VULNERABILITY AND ADAPTATION: SOCIAL AND ECOLOGICAL DIMENSIONS OF CLIMATE

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 2009

Término: 2014


Resumo:

(Aditivo ao Termo de Outorga) - Componente do Projeto Temático URBAN GROWTH, VULNERABILITY AND ADAPTATION:social and ecological dimensions of climate change on the Coast of São Paulo, coordenado por Lúcia da Costa FERREIRA. Principal pesquisadores Carlos Alfredo Joly, Institute of Biology/Environmental Studies Center/University of Campinas; Leila da Costa Ferreira, Institute of Philosophy and Human Sciences/Environmental Studies Center/University of Campinas .

Ocultar
URBAN GROWTH, VULNERABILITY AND ADAPTATION: SOCIAL AND ECOLOGICAL DIMENSIONS OF CLIMATE CHANGE ON THE COAST OF SÃO PAULO

Coordenador Principal: Lúcia da Costa Ferreira

Início: 2009

Término: 2014


Resumo:

O projeto contou com a participação de 22 doutores, 17 orientações e 58 alunos entre iniciação científica, mestrado e doutorado. This project addresses the issue of impacts of climate change on human and natural systems, identification of vulnerabilities and research on adaptation, and asks one central question: (1) What are the vulnerabilities of coastal zones and cities to climate change and what adaptations are required/possible in light of its expected impacts? Considering that more than 80% of Brazilians lived in cities in 2000 (in São Paulo State, 93%), it is there that the impact of global environmental change on the population will be most felt. Considering that urban behavior standards (values, lifestyles, political orientations, for example) are diffused over the entire society, it is there that new values and practices will have to take root. Inside this thematic project, the aim of the CGCommons research team is to identify factors that contribute or hinder local adaptive responses (in this case by small-scale coastal fishermen) to global environmental change and to document a body of local ecological knowledge about change on marine fish diversity over the last two to three decades.

Ocultar
URBANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA E OS PROBLEMAS AMBIENTAIS : ÊNFASE À GESTÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS.

Coordenador Principal: ARLÊUDE BORTOLOZZI

Início: 2012


Resumo:

Trata-se de uma pesquisa interdisciplinar, que ao abordar diferentes problemas ambientais urbanos tais como: as enchentes, deslizamentos de terra, o lixo urbano, a degradação do patrimônio cultural, a produção de doenças pela falta de saneamento e serviços urbanos, assim como o da segurança devido à violência urbana procura enfatizar a necessidade de uma gestão territorial integrada, para uma adequada gestão das cidades brasileiras, que possa promover a melhoria das políticas públicas urbanas.

Ocultar
Voltar
COCEN Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisplinares de Pesquisa Rua Saturnino de Brito, nº 323, 2º andar Cidade Universitária Zeferino Vaz - Barão Geraldo, Campinas - SP CEP: 13.083-889 cocen@reitoria.unicamp.br +55 (19) 3521-4912 Equipe
Links
Voltar ao início Unicamp Escreva sua matéria
Acesse pelo celular