Projetos
32 Projetos de Pesquisa (CEMIB) Fonte: Avaliação Institucional 2009-2013
ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (BRASIL) E O INSTITUTO PASTEUR DE MONTEVIDEO (URUGUAI)

Coordenador Principal: Delma Pegolo Alves

Início: 10/2009

Término: 10/2012


Resumo:

As duas instituições convenentes declaram a intenção de colaborar na Área da Ciência em Animais de Laboratório, por meio da organização de um programa acadêmico que inclui as seguintes atividades: Desenvolvimento e transferência tecnológica na área da ciência em animais de laboratório. Certificação da Qualidade Animal. Formação de Recursos Humanos. Realização de projetos de pesquisas científicas e publicação dos resultados obtidos em conjunto. Organização de eventos técnico-científicos para divulgação de conhecimentos adquiridos.

Ocultar
ACORDO DE COOPERAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (BRASIL) E O INSTITUTO PASTEUR DE MONTEVIDEO (URUGUAI)

Coordenador Principal: Delma Pegolo Alves

Início: 10/2009

Término: 10/2017


Resumo:

Objetivo : intercâmbio de docentes e pesquisadores; implentação de projetos conjuntos de pesquisa; promoção de eventos científicos e culturais; intercâmbio de informações e publicações acadêmicas; intercâmbio de estudantes.

Ocultar
ALTERAÇÕES CLÍNICAS, CELULARES E MOLECULARES NAS HEMOGLOBINOPATIAS E EM OUTRAS ANEMIAS HEMOLÍTICAS HEREDITÁRIAS.

Coordenador Principal: Fernando Ferreira Costa

Início: 7/2009

Término: 5/2014


Resumo:

Este projeto propõe estudo abrangente de características clínicas, genéticas, celulares e moleculares nas hemoglobinopatias e outras anemias hemolíticas por pesquisadores do Hemocentro da UNICAMP e colaboração com Hemocentro de Pernambuco, FioCruz da Bahia e do exterior. Serão conduzidos os seguintes projetos: Estudo de novas alternativas terapêuticas para o tratamento da anemia falciforme (AF) in vitro e em modelo animal e pacientes. Estudo dos mecanismos moleculares relacionados à expressão gênica diferencial em portadores de PHHF não delecional tipo brasileira; ações da proteína GATA1s na diferenciação de células da linhagem hematopoética; características de expressão gênica e proteica das moléculas de adesão nos glóbulos vermelhos e neutrófilos de pacientes com hemoglobinopatia SC e S/B talassemia; análise do perfil de fatores de transcrição e miRNAs envolvidos na eritropoese in vitro de pacientes com talassemia B intermediária e AF; identificação de polimorfismos em pacientes com AF e B-talassemia homozigota e silenciamento e superexpressão em cultura de células eritróides do gene SARA2; caracterização da relação estrutura-função de variantes novas da hemoglobina; silenciamento do gene da globina B em culturas de células eritróides de paciente com doença da HbH; silenciamento do gene da enzima PIP5KIIA em células eritróides humanas normais e de paciente com doença da HbH; caracterização do efeito da inibição da PDE9A nas células hematopoéticas de pacientes e nos camundongos falciformes; caracterização dos mecanismos de inibição da apoptose de neutrófilos de pacientes com AF e seu papel na fisiopatologia da doença; comparação da biodisponibilidade do NO, de marcadores de inflamação e as propriedades adesivas das células sanguíneas de indivíduos com esferocitose hereditária, hemoglobinúria paroxística noturna e AF; Avaliação das variações no número de cópias na suscetibilidade ao AVC em pacientes com AF; determinação dos níveis plasmáticos de moléculas de adesão, fatores angiogênicos e anti-angiogênicos e citocinas inflamatórias: associação com o desenvolvimento de retinopatia falciforme; investigação dos mecanismos envolvidos no priapismo e na reatividade da bexiga em camundongos transgênicos

Ocultar
ANALISE DA ADESÃO E O COMPORTAMENTO CELULAR EM SUBSTRATO CONTENDO NANOTUBOS DE CARBONO DE PAREDE MULTIPLA(MWCNTS)

Coordenador Principal: Maurcus Alexandre Finzi Corat

Início: 12/2009

Término: 12/2011


Resumo:

Filmes de diamante crescidos por Deposição Química a partir da fase Vapor (Chemical Vapour Deposition- CVD) são amplamente estudados como uma cobertura que reveste a superfície de ferramentas de corte produzidas com WC-Co. Seu uso visa melhorar a resistência ao desgaste, promovendo então um aumento na dureza superficial, condutividade térmica, redução no atrito e melhor proteção à corrosão. A adesão do diamante ao substrato de WC-Co depende de alternativas para evitar a interação do Co com o processo de crescimento de diamante. Entretanto, apesar de inúmeros estudos, pouco se conseguiu avançar para que fosse possível a aplicação destas coberturas em larga escala. Dentre as alternativas propostas na literatura, temos no grupo a termodifusão reativa de boro que cria uma fase ternária (W2CoB2), que estabiliza o cobalto na superfície. Com este programa de iniciação científica pretende-se treinar o bolsista e dar prosseguimento ao desenvolvimento do processo, buscando garantir alta adesão do diamante ao WC-Co, de forma repetitiva para a obtenção de ferramentas confiáveis, desenvolvendo a metodologia para que o processo seja escalonável. Será feita, também, a introdução da deposição diamante nanocristalino no estudo de ferramentas, com o objetivo de desenvolver ferramentas multicamadas, com diamante nano e micro cristalino. Os efeitos da deposição da primeira camada em nanodiamante serão avaliados do ponto de vista da obtenção de maior aderência ao substrato. (AU)

Ocultar
ANÁLISE DA INTERFERÊNCIA DA POLPA DE AÇAÍ NA TRANSMISSÃO ORAL DE T. CRUZI

Coordenador Principal: Luiz Augusto Corrêa Passos

Início: 9/2008

Término: 3/2011


Resumo:

Pesquisa de Doença de Chagas Aguda (DCA) de transmissão oral veiculada pela polpa de açaí na região Norte do país.
Surtos de DCA ocorridos na região Norte do Brasil, despertaram a atenção do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado do Pará.
O número crescente de casos novos, aliado a uma clínica de acentuada gravidade nos doentes, alertaram estes órgãos para a necessidade de se aprofundar a investigação e identificar a via de transmissão. Dados coletados pelas equipes de controle de endemias, apontaram para uma possível transmissão oral do parasito e sugeriam que o veículo seria a polpa de açaí, um alimento cujo consumo é grande e diário. Contudo, as conclusões iniciais que indicavam a polpa de açaí, tinham base estritamente epidemiológica, ou seja, o alicerce principal desta hipótese era o fato de as pessoas que se infectaram terem em comum o consumo da polpa no mesmo ponto de venda. Entretanto, faltavam dados científicos que demonstrassem que o parasito poderia sobreviver e preservar a sua virulência após o contato com a polpa

Ocultar
ANALISE DA RESPOSTA PRO-INFLAMATÓRIA DE MACROFAGOS CULTIVADOS EM SUBSTRATO CONTENDO NONOTUBOS DE CARBONO DE PAREDE MULTIPLA(MWCNTS)

Coordenador Principal: Marcus Alexandre Finzi Corat

Início: 8/2012

Término: 7/2014


Resumo:

As promessas da utilização de nanotubos de carbono (CNTs) para fins biomédicos se esbarram em algumas dificuldades. Muitos estudos de nanotoxicologia foram realizados analisando propriedades destes materiais em causar injúrias no tecido vivo. Apesar das evidências da citotoxicidade dos CNTs, existe também um grande número de publicações de estudos de biomateriais baseados em CNTs que suportam a idéia de biocompatibilidade do CNT. Resultados do nosso grupo evidenciaram que os nanotubos de carbono de parede múltipla (MWCNT) obtidos pela metodologia desenvolvida pelo laboratório Associado de Sensores e Materiais do INPE foram suficientes para obter biocompatibilidade. As estruturas de MWCNT alinhados revelaram que um ínfimo contato entre as estruturas das células e a nanotopografia é decisivo para garantir a bioatividade e eficiência no crescimento e espalhamento celular sem produzir efeitos citotóxicos. Outro resultado promissor do nosso grupo, realizado no período de iniciação científica (processo FAPESP-2009/16986-7) pela proponente deste projeto, mostrou características da adesão celular em substrato contendo MWCNT alinhado através da análise de proteínas envolvidas no mecanismo de adesão, assim como, estudo comparativo de preferência de substrato para proliferação e viabilidade celular. Neste trabalho verificou-se um melhoramento das propriedades de adesão e espalhamento celular de acordo com o substrato de CNT utilizado, com ou sem tratamento de funcionalização com plasma de O2. No entanto, nenhum substrato mostrou-se tão eficiente quanto o substrato controle Ti sem CNT. Isto mostrou-se que substratos de CNT, apesar de atóxico, podem provocar reações no comportamento celular. Para aprofundar e melhor esclarecer este comportamento celular, neste projeto propõe-se a análise da resposta inflamatória de macrófagos cultivados em substrato de CNT e o potencial deste substrato para estimular migração de células progenitoras da medula óssea envolvidas com o reparo tecidual no organismo. Com isso, produzir informações úteis para verificar o potencial e para manufatura destes biomateriais a serem utilizados no auxílio da terapia celular baseado em substrato de CNT. (AU)

Ocultar
ANNUAL MEETING OF THE SOCIETY FOR BIOMATERIALS

Coordenador Principal: Marcus Alexandre Finzi Corat

Início: 4/2011

Término: 4/2011


Sem resumo
Ocultar
ASSOCIAÇÃO DA INFECÇÃO POR BARTONELLA SPP COM ANEMIA FALCIFORME

Coordenador Principal: Prof. Dr. Paulo Edurdo Neves Ferreira Velho

Início: 10/2012

Término: 10/2015


Resumo:

Sickle cell disease (SCD) is the most common hematologic genetic disorder affecting millions of people worldwide. In Brazil, up to 10% Afro-descendent groups have sickle gene and therefore it is a significant health problem. SCD is associated with unpredictable recurrent acute vaso-occlusive pain episodes (“crises”), inflammation, oxidative stress, vasculopathy and hemolysis, requiring frequent transfusion. All these features increase the predisposition of sickle patients to infections, in addition to causing multi-organ pathology and severe pain that are difficult to treat, leading to foreshortened life span. Chronic infection is related to a higher painful crisis rate in these patients. Bacterial infections are a leading cause of mortality in children with SCD. Unusual infections are often not diagnosed or remain unnoticed due to the attendant inflammation and associated severe pathology in SCD. Bartonella spp. (called Bartonella henceforth) is an emergent and neglected bacteria which can be potentially fatal. Dr. Velho’s group found that 2.2% blood donors in Campinas, Brazil have asymptomatic bacteremia due to Bartonella infection and that Bartonella henselae can survive long storage periods. Typical characteristics of Bartonella infection such as hemolysis, bacteremia, fevers, malaise, endothelial activation and inflammation are also characteristic features of SCD. Thus, Bartonella infection may be hard to diagnose on the basis of symptoms and pathology in SCD. In addition to other factors, frequent blood transfusion may increase the risk of bacterial transmission from infected donors. Impaired immune function, and attendant endothelial activation, in SCD may even facilitate the invasion and propagation of Bartonella. We hypothesize that among patients with SCD, those receiving several blood transfusions have a higher prevalence of Bartonella bacteremia than non-transfused patients, and that Bartonella is transmitted through blood transfusion leading to the exaggeration of endothelial activation, inflammation and pain in SCD. Transgenic sickle mice recapitulate several features of SCD and have been widely used to study inflammation, infection, endothelial activation and pain. Diagnosis of Bartonella using existing methodologies is rate-limiting because of poor sensitivity and reproducibility. We will therefore examine, [1] if SCD patients that received more than 5 transfusions have more Bartonella bacteremia than non-transfused SCD patients using a microbiological and molecular platform, [2] if sickle mice develop Bartonella infection upon transfusion with infected blood using experimental Bartonella infection of sickle mice, and [3] if detection of Bartonella using Blood outgrowth endothelial cells (BOEC) and skin of infected mice will complement the traditional analytical method of PCR analysis of lysed blood culture, with increased sensitivity by recovering blood from experimental infected sickle mice. The performance indicator for the first aim will be to have the prevalence of Bartonella bacteremia in SCD patients at the end of the first year of this project. The second aim will be completed after a doctoral student’s training at University of Minnesota during the second year, and the experiment can be performed at the Brazilian lab in the end of the same year. The third specific aim will be considered concluded after the Brazilian staff is trained during the first two months of the Visiting Researcher in Brazil. The experiment will be carried out during her second visit on that year. The studies are highly innovative, because Bartonella bacteremia have not been studied in patients with SCD, the examination of Bartonella in SCD also has never been envisaged, and the potential of BOEC has not been utilized for the diagnosis of infection. It is likely that anticipated results will lead to the recognition of yet unknown mechanism(s) of inflammation, endothelial activation and pain that may be induced by Bartonella. If our hypothesis proves to be true, a major application in future will be in preventing the inadvertent transmission of unusual infections by frequent blood transfusions in patients with SCD. Both countries’ laboratories bring unique expertise in their area of research on Bartonella and sickle cell disease, endothelial biology and pain, which will facilitate the successful outcome of proposed studies.

Ocultar
AVA LIAÇÃO DO USO DE PLACAS SINTERIZADAS DE TITÂNIO RECOBERTAS OU NÃO COM BETA-FOSFATO TRICÁLCICO NO REPARO DE FALHAS ÓSSEAS EM CALVÁRIA DE RATOS.

Coordenador Principal: Paulo Kharmandayan

Início: 8/2012

Término: 12/2014


Resumo:

A reparação de um defeito craniano é um procedimento dasafiador, que requer não somente o preenchimento da falha óssea mas também estabilidade a longo prazo do material empregado e restabelecimento do contorno e simetria. Diversos tipos de materiais com diferentes características bem como diferentes métodos de produção dos implantes vêm sendo testados, sem que ainda haja um substituto ósseo considarado ideal. No presente estudo foram investigadas as propriedades de osteointegração de implantes da liga Ti6Al4V construídos por prototipagem com poros tridimensionalmente conectados e a influência do recobrimento dos mesmos com uma camada delgada de ?-fosfato tricálcico nes propriedades.

Ocultar
CAMPOMANESIA ADAMANTIUM E CAMPOMANESIA GUAVIROBA: FITOQUÍMICA E ESTUDO IN VITRO E IN VIVO VISANDO Á DETERMINAÇÃO DA ATIVIDADE BIOLÓGICA E TOXICIDADE.

Coordenador Principal: Marcos José Salvador

Início: 2/2012

Término: 3/2015


Resumo:

Neste projeto é proposto estudo para a busca de substâncias antiproliferativas acumuladas no extrato etanólico das folhas de Campomanesia adamantium e Campomanesia guaviroba (Myrtaceae). Para tanto, proceder-se-á adequação da metodologia para a avaliação da atividade antiproliferativa frente às linhagens de células tumorais humanas in vitro e para o estudo in vivo utilizando o modelo de tumor de Ehrlich. O estudo fitoquímico terá como objetivo a identificação das frações e dos constituintes majoritários ativos. Inicialmente obter-se-á o perfil dos extratos ativos (CCD, CLAE, ESI-MS/MS), podendo-se identificar algumas substâncias conhecidas diretamente nos extratos brutos (desreplicação). Os extratos ativos com substâncias que não puderem ser identificadas na etapa de desreplicação serão submetidos ao fracionamento guiado pela atividade antiproliferativa in vitro e para as substâncias isoladas e purificadas será realizada a elucidação estrutural utilizando-se métodos espectroscópicos de análise (UV, IV, RMN (1D e 2D) ESI-MS/MS). As frações que apresentarem melhor atividade antiproliferativa frente às linhagens celulares in vitro serão estudadas in vivo, procedendo-se análise da toxicidade aguda e avaliando a atividade em Tumor sólido de Erhlich em camundongos. Ainda, busca-se avaliar se o efeito de morte celular frente às linhagens tumorais das substâncias purificadas ativas que possuírem quantidade em massa ocorre por apoptose pela análise de expressão dos genes BAX, BCL-2 e TNF e por citometria de fluxo (Anexina V e fragmentação do DNA) na linhagem celular que apresentar maior efeito antiproliferativo. Assim, será realizado o estudo com C. adamantium e C. Guaviroba para a busca de substâncias com atividade antiproliferativa, visando obter novas fontes de insumos farmacêuticos. (AU)

Ocultar
CARACTERIZAÇÃO DA PROTEINA KI-1/57 EM MODELO ANIMAL

Coordenador Principal: Marcus Alexandre Finzi Corat

Início: 6/2009

Término: 5/2011


Resumo:

O presente estudo está baseado na caracterização e análise funcional da proteína Ki- 1/57 em um modelo animal. Esta porteína que foi descoberta em meados de 1995 e até então estudada vastamente para o entendimento de sua função ao longo dos anos que se seguiram gerando estudos bioquímicos in vitro que possibilitaram conhecer alguns possíveis parceiros metabólicos desta proteína, assim como, dirigir hipóteses de algumas funções dela no organismo. Através destas informações geradas esta proteína dá fortes indícios de participar na regulação de expressão gênica. Apesar de grandes avanços no conhecimento bioquímico da proteína, estudos de sua carcterização em um organismo vivo ainda não foram realizados. Portanto, este trabalho propõe estudar a Ki-1/57 em modelos animais. Realizar sua caracterização morfológica de expressão em órgãos alvos, como cérebro e fígado. Fazer análises de suas interações observadas in vitro de maneira comparativa pela técnica de coimunoprecipitação. E com isso aumentar a gama de conhecimentos sobre esta proteína e caracterizar suas propriedades em um organismo animal, complementando os estudos realizados in vitro e melhorando o entendimento de sua função in vivo. (AU)

Ocultar
CARACTERIZAÇÃO DA RESPOSTA IMUNE EM CAMUNDONGOS NATURALMENTE INFECTADOS COM MOUSE PARVOVIRUS 1/2

Coordenador Principal: Kelly Alves Bicalho

Início: 1/2013

Término: 12/2014


Resumo:

O mouse parvovirus 1 é um dos virus mais prevalentes em colônias de camundongos de biotérios de diversas Instituições de pesquisa e ensino do mundo. Apesar de não causar doença clinica nos animais, o virus pode ter efeitos deletérios na pesquisa devido aos seus efeitos imunomodulatórios in vitro e in vivo, supressão de tumores transplantados, contaminação de culturas de células de estoques virais, meios de cultura e de tecidos originários de camundongosa. Assim, o objetivo do trabalho e estudar as alterações fenotipícas e funcionais do padrão de resposta imune em camundongos Swiss, C57BL-6 e BALB-c naturalmente infectados com o parvovirus.

Ocultar
CENTRO MULTIMODAL DE NEUROIMAGENS PARA ESTUDOS EM EPILEPSIA

Coordenador Principal: Fernando Cedes

Início: 4/2007

Término: 3/2013


Resumo:

Esta proposta de pesquisa está centrada no estudo da epilepsia refratária do lobo temporal mesial (MTLE) por ressonância magnética (RM) de alta resolução, imagem de neuro-receptores e correlações histo-radiológicas. Esta abordagem permitirá o desenvolvimento de métodos para correlacionar imagens in vivo e ex vivo. Nesta linha, são propostos 3 projetos que irão investigar as bases da alteração de sinal de RM, o perfil de transportadores de serotonina detectado por imagem molecular e a caracterização global do parênquima cerebral em pacientes com MTLE: A) Bases histológicas do sinal de RM no lobo temporal; B) imagem molecular em epilepsia do lobo temporal mesial: quantificação in-vivo e ex-vivo de transportadores de serotonina; C) imagem do cérebro inteiro utilizando RM de alta resolução em pacientes com epilepsia refratária do lobo temporal mesial. Os recursos (pesquisadores, técnicos, parque de imagem) mobilizados para a execução desta pesquisa tomarão disponíveis para a rede CInAPCe: 1) uma equipe multidisciplinar capaz de integrar epileptologia clínica e experimental, métodos inovadores de aquisição e processamento de imagens e análise histopatológica avançada; 2) um parque de imagens no estado-da-arte para estudos avançados; 3) novas metodologias para correlações histo-radiológicas; 4) novas ferramentas para o processamento de imagens de segunda ordem; 5) capacitação em imagem molecular. Esses recursos científicos e tecnológicos são aplicáveis a outras áreas importantes da pesquisa biomédica (oncologia, doenças neurodegenerativas e psiquiátricas) e estão formatados para serem integrados a um ambiente de rede compartilhando informações com outros centros através de ensino a distância. Este é um requisito essencial para o desenvolvimento de telemedicina, recurso-chave para as atividades de pesquisa, educação e telediagnóstico. Apesar da importância da epilepsia em saúde pública, o número de pesquisadores e clínicos treinados em áreas correlatas das neurociências ainda é pequeno. Espera-se que a iniciativa da rede CInAPCe promova um progresso rápido nesse campo. Em conseqüência, temos a responsabilidade de disseminar o conhecimento gerado nos diferentes projetos da rede para a comunidade médico-científica. Por esta razão, o principal enfoque de nossa proposta no campo educacional volta-se para a transferência de tecnologia de processamento de imagem usando morfometria basead em voxel (VBM: voxel based morphometry), técnicas de aquisição de imagem molecular e banco de dados e data mining em neuroimagem. Como a epilepsia é uma doença que causa muita ansiedade na população em geral, é nossa intenção providenciar um sítio na web dedicado a aumentar o conhecimento público sobre os avanços científicos obtidos pelos projetos da rede CInAPCe. (AU)

Ocultar
COMPARAÇÃO DE TRÊS MÉTODOS MOLECULARES PARA DETECÇÃO DE BARTONELLA SPP EM DOADORES DE SANGUE DO HEMOCENTRO DE CAMPINAS/SP

Coordenador Principal: Prof. Dr. Paulo Edurdo Neves Ferreira Velho

Início: 2/2014

Término: 1/2016


Resumo:

Bartonella spp. são organismos zoonóticos negligenciados, capazes de provocar, em humanos, desde bacteremia assintomática, doenças crônicas e até mesmo a morte. Entre as características mais marcantes destas bactérias estão o crescimento fastidioso, a necessidade de meios enriquecidos com sangue e de atmosfera com 5% de gás carbônico. Também são conhecidas por infectarem eritrócitos, células endoteliais, células dendríticas e macrófagos, geralmente causando bacteremia persistente em seus hospedeiros. Existe o risco real de que um doador de sangue, infectado por Bartonella spp., porém assintomático, tenha suas hemácias contendo estes agentes. Em 2010, foi publicado o primeiro caso de sangue doado infectado por Bartonella henselae. Em outro estudo, realizado em parceria com pesquisadores da Universidade Johns Hopkins (EUA), 3,2% dos doadores de sangue do Hemocentro da Unicamp foram positivos na PCR convencional para Bartonella spp.. Apesar dos esforços, o diagnóstico de bartonelose ainda é muito difícil e demorado. Com o objetivo de desenvolver e a identificar um diagnóstico sensível e específico, serão analisadas as amostras de sangue de 500 doadores do Hemocentro de Campinas, coletadas no período de novembro de 2009 a janeiro de 2010, durante procedimento de doação de sangue. Serão realizadas PCR convencional, PCR de dupla amplificação (PCR nested) e PCR Real-time tanto no DNA extraído do sangue total como da cultura de pré-enriquecimento. A comparação dos resultados obtidos possibilitará identificar o método mais eficiente de diagnóstico e utilizá-lo para detectar esta infecção, mesmo que subclínica, e no futuro utilizar como ferramenta diagnóstica ou mesmo de triagem dos doadores de sangue ou órgãos. (AU)

Ocultar
CONDIÇÕES HIGIÊNICO -SANITÁRIAS, OCORRÊNCIAS DE PARVOVIRUS E DE PARASITOS DE ROEDORES EM COLÔNIAS DE CAMUNDONGOS E RATOS DE BIOTÉRIOS BASILEIROS

Coordenador Principal: Alvaro José Romanha

Início: 3/2007

Término: 3/2011


Resumo:

O projeto é relevante para a área de animais de laboratório por avaliar as condições sanitárias de 17 biotérios de instituições públicas de ensino e/ou pesquisa, produção de produtos farmacêuticos e controle de qualidade de imunobiológicos de diferentes regiões geográficas do Brasil e a ocorrência de parvovírus e de parasitos de roedores em colônias de camundongos e ratos e as condições sanitárias para evitar a transmissão de doenças e de programa de monitoramento de saúde animal.

Ocultar
CONV.DE COOPERAÇÃO INTERNACINAL UNICAMP/DEUTSCHES KREBSFORSCHUNGSZENTRUM- IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS METODOLOGIAS PARA CERTIFICAÇÃO DE SAÚDE ANIMAL

Coordenador Principal: Delma Pegolo Alves

Início: 7/2010

Término: 7/2013


Resumo:

Promoção de cooperação na Área de Ciência em Animais de Laboratório, por meio da organização das seguintes atividades: formação de recursos humamos, organização de eventos técnico-científicos para divulgação de conhecimentos adquiridos, implementação de novas metodologias para a certificação de saúde animal, realização de projetos de pesquisas científicas e publicação dos resultados obtidos em conjunto entre as partes.

Ocultar
CRIAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UM MODELO TRANSGÊNICO INEDITO DE CAMUNDOGOS COM EXPRESSÃO CONDICIONAL DO GENE DA CONEXIA 43: UM NOVO PARADIGMA NO ESTUDO DA COMUNICAÇÃO INTERCELULAR FUNCIONAL.

Coordenador Principal: Maria Lucia Zaidan Dagli

Início: 9/2010

Término: 8/2013


Resumo:

As conexinas (Cx) são proteínas que compõem as junções comunicantes do tipo gap, e dentre as diversas isoformas presentes nos tecidos animais, a Cx43 é a mais prevalente e, consequentemente, a mais estudada. A diminuição de sua expressão está relacionada com diversas alterações fisiológicas, entre elas algumas síndromes, malformações genéticas, aumento da proliferação celular e da carcinogênese. Sua importância in vivo foi relatada em camundongos com deleção de um dos alelos de Cx43 (Cx43+/-). No entanto, os animais knockouts completos (Cx43-/-) não são viáveis após o nascimento devido malformação cardíaca, revelando a importância vital dessa proteína no desenvolvimento cardíaco. Devido esta inviabilidade técnica e fisiológica, centenas de pesquisas científicas foram realizadas apenas com animais heterozigotos (Cx43+/-) comparando-os com animais wild-type (Cx43+/+). Assim, ainda não foi possível estabelecer a real participação da Cx43 nos diferentes processos patológicos, uma vez que o modelo atual não permite a deleção completa da conexina 43 nos diferentes tecidos. Neste contexto, este trabalho propõe a criação de um novo modelo para o estudo da comunicação intercelular funcional, por meio da produção de camundongos geneticamente modificados, viabilizando os animais adultos Cx43-/-. Para isso, umtransgene do gene da Cx43 induzível portetraciclina ou análogo será adicionado ao genoma dos animais, assim, a expressão da Cx43 será controlada conforme o desenho experimental de cada estudo científico futuro. Após a criação deste nova ferramenta, será realizada sua caracterização através do estudo morfo-funcional desses animais, além de estudos moleculares como da transcrição do mRNA e tradução da proteína Cx43, sempre objetivando a validação do modelo. De maneira geral, a produção deste novo modelo animal é extremamente importante para a melhor compreensão do envolvimento da comunicação intercelular, mediada pela Cx43, nos diferentes processos patológicos e fisiológicos estudados por diversos grupos de pesquisa nacionais e internacionais.

Ocultar
DETECÇÃO MICROBIOLÓGICA E MOLECULAR DA BACTEREMIA POR BARTONELLA SPP EM GATOS.

Coordenador Principal: Paulo Eduardo Ferreira das Neves Velho

Início: 2/2009

Término: 8/2012


Resumo:

Atualmente o gênero Bartonella compreende pelo menos 31 espécies e subespécies, sendo 15 delas conhecidamente patogênicas ao homem. Três espécies de Bartonella estão associadas ao maior número de manifestações clínicas em seres humanos. São elas: Bartonella bacilliformis, Bartonella quintana e Bartonella henselae. A B. henselae é a bactéria mais associada a doenças humanas e sua transmissão é muitas vezes relacionada ao trauma cutâneo causado pelo arranhão de gatos infectados. Em recente estudo, documentou-se que mais de dois por cento dos doadores de sangue da região de Campinas testados estavam bacterêmicos por Bartonella spp. e o contato com animais foi um fator de risco para a aquisição da infecção. Com o objetivo de avaliar a prevalência de bacteremia por Bartonella spp. e isolar uma cepa regional de B. henselae, e foram analisadas 112 amostras de sangue de gatos, sendo que destes, 84 (75%) eram não domiciliados. A partir do sangue total coletado durante o procedimento cirúrgico para castração, foi realizada extração de DNA, seguida de PCR nested que amplifica a região FtsZ e é específica para B. henselae. Este sangue também foi inoculado em meio líquido BAPGM (Bartonella Alpha-Proteobacteria Growth liquid Medium). Após dez dias de incubação, parte desta cultura líquida de enriquecimento foi semeada em meio sólido enriquecido com 30% de sangue de carneiro e parte analisada pela mesma PCR nested e por PCR simples específica para o gênero Bartonella e que amplifica a região ITS. As culturas sólidas foram incubadas por até 45 dias e as que apresentaram crescimento foram encaminhadas às duas diferentes reações de PCR já descritas. O DNA de B. henselae foi detectado em 86 (77%) das 112 amostras de sangue e em 56 (50%) das amostras da cultura de líquida de enriquecimento. No total, a bacteremia foi detectada em 90% (101/112) dos gatos deste estudo. Constatou-se maior prevalência entre gatos não domiciliados (95%, 80/84) quando comparada com a dos gatos de proprietários (75%, 21/28). A detecção da bacteremia por meio de PCR simples, específica para o gênero Bartonella, foi possível em 31 das 112 (28%) culturas líquidas de enriquecimento. Dezesseis isolados foram obtidos da cultura sólida, sendo que 11 foram PCR positivos. As amostras foram sequenciadas e três destas colônias, que demonstraram 100% de homologia com a cepa de B. henselae Brazil- 1 na região ITS analisada, foram depositadas na Coleção de Culturas do Instituto Adolfo Lutz, sendo as primeiras do Brasil. A PCR nested espécie específica foi positiva em, pelo menos, uma amostra de todos os gatos em que a bacteremia foi detectada. Estes resultados mostram que a bacteremia causada por Bartonella spp. é muito frequente nos gatos de Campinas e sugerem que a prevalência da infecção por Bartonella spp. nos gatos e suas consequências para a saúde pública têm sido subestimadas. Métodos diagnósticos mais sensíveis precisam ser utilizados na investigação desta infecção.

Ocultar
EMU: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA A IMPLANTAÇÃO DO LABORATÓRIO MULTIUSUÁRIO DE ANÁLISE MOLECULAR TECIDUAL MULTIMODAL DA FCM-UNICAMP

Coordenador Principal: Iscia Teresinha Lopes Cedes

Início: 10/2010

Término: 9/2012


Resumo:

Esta proposta tem como foco a implementação de uma estrutura laboratorial de apoio a projetos nas mais diversas áreas das ciências biomédicas, já que o conjunto de equipamentos aqui solicitado permitirá a análise de tecidos obtidos de várias fontes (ex. biópsias. cirurgias, modelos animais etc.). Poderão também ser estudadas amostras de celulares obtidas a partir de culturas elou microdissecadas de tecidos. Inúmeros projetos de investigação na área biomédica podem se beneficiar dos equipamentos aqui solicitados já que a análise molecular tecidual nos diversos níveis é de grande relevância para a compreensão dos fenômenos biológicos complexos que estão por trás dos mecanismos normais e patológicos que afetam o ser humano. Esta proposta é sustentada por 3 Projetos Temáticos outorgados a pesquisadores de 3 diferentes Departamentos da FCM-UNICAMP (Genética Médica, Neurologia e Clínica Médica) o que reforça o caráter institucional (em oposição a pessoal) e multiusuário que pretendemos imprimir ao Laboratório Multiusuário de Análise Molecular Tecidual Multimodal da FCM-UNICAMP. Estes são também pesquisadores experientes que serão responsáveis pela gestão conjunta do Laboratório que será diretamente ligado a Câmara de Pesquisa da FCM-UNICAMP e não a nenhum departamento específico. Além disso, o grande interesse pelas metodologias de investigação que serão disponibilizadas com os equipamentos solicitados pode ser comprovado pelo número significativo de Projetos Complementares que acompanham a presente proposta. Vale ressaltar que estamos incluindo projetos de docentes de 11 dos 17 Departamentos da FCM-¬UNICAMP, além de projetos de pesquisadores do IB-UNICAMP, Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG)-UNICAMP, Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP-UNICAMP) e de outras instituições (UNIFESP/EPM). (AU)

Ocultar
ESTUDO DA EXPRESSÃO GENICA EM LARGA ESCALA E ANALISE FUNCIONAL UTILIZANDO A TECNOLOGIA DA INTERFERENCIA POR RNA(RNAI) EM UM MODELO DE EPILEPSIA AUDIOGÊNICA EM RATOS

Coordenador Principal: Iscia Teresinha Lopes Cedes

Início: 6/2010

Término: 6/2013


Resumo:

Uma linhagem de ratos Wistar selecionados geneticamente, Wistar Audiogenic Rat (WAR), com susceptibilidade epiléptica audiogênica, tem sido mantida e estudada no laboratório no Núcleo de Neurociências do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (NNC-ICB/UFMG). Nestes animais, um estímulo sonoro de alta intensidade (120 dB SPL) induz crise convulsiva do tipo tônico clônica generalizada seguida por espasmos. A repetição dos estímulos sonoros de acordo com protocolos apropriados modifica a expressão motora e eletroencefalográfica das crises para um padrão de crises límbicas, também denominadas crises de lobo temporal. Considerando que a caracterização fenomenológica das crises, assim como dos aspectos neurofisiológicos, neuropatológicos e comportamentais do modelo WAR tem sido já adequada na literatura, fica evidente a falta de uma melhor caracterização genético-molecular desse modelo. Uma vez que as estratégias de clonagem posicional tradicionais são impossíveis de serem utilizadas para estudar o modelo, nós propomos no presente projeto uma estratégia funcional alternativa. Portanto, O objetivo geral da proposta é estudar os mecanismos moleculares envolvidos na predisposição ás Crises no modelo WAR utilizando a análise de expressão gênica em larga escala e estudos funcionais com a técnica de interferência por RNA (RNAi). Inicialmente utilizaremos a técnica de microarray para fazer uma analise de expressão em larga escala da linhagem W AR, tanto nos animais susceptíveis quanto nos não susceptíveis (ou controles) e verificar quais genes estão diferencialmente expressos. Estes podem estar potencialmente relacionados a susceptibilidade às crises audiogênicas. Depois de validados por uma segunda técnica de quantificação de transcritos, três alvos (genes) serão escolhidos (tendo em vista os resultados dos estudos iniciais de expressão por microarray) para serem silenciados por interferência por RNAi in vivo. Após a comprovação molecular do silenciamento as análises fenotípicas comprovarão se os alvos escolhidos estão realmente envolvidoso funcionalmente com a suscetibilidade as crises audiogênicas no modelo WAR. Acreditamos se a metodologia proposta uma estratégia original (análise de expressão seguida de RNAi na identificação de genes de suscetibilidade à um fenótipo em roedores) que pretende testar diretamente o papel de genes potencialmente envolvidos na epileptogênese em modelos animais in vivo. (AU)

Ocultar
ESTUDO E MODELAGEM DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DO POLIMETILMETACRILATO PARA A FABRICAÇÃO DE TECIDO ÓSSEO ARTIFICIAL

Coordenador Principal: Rubens Maciel Filho

Início: 1/2009

Término: 12/2013


Sem resumo
Ocultar
ESTUDOS FUNCIONAIS DE GENES ENVOLVIDOS NA EPILEPTOGÊNESE DO MODELO DA PILOCARPINA UTILIZANDO A RNAI

Coordenador Principal: Iscia Teresinha Lopes Cedes

Início: 1/1900

Término: 1/1900


Resumo:

As epilepsias afetam aproximadamente 2% da população mundial. Dentre as diferentes síndromes epilépticas descritas, a epilepsia de lobo temporal (ELT) é a mais frequente, representando 40% dos casos, os quais são frequentemente refratários ao tratamento clínico. Uma das ferramentas mais utilizadas para tentar compreender a fisiopatologia da ELT são modelos animais induzidos, os quais apresentam uma epileptogenicidade similar à encontrada em tecidos epilépticos humanos quando estudado ex vivo. Dentre os vários modelos disponíveis, o induzido pela pilocarpina, além de muito bem estabelecido em nosso meio, tem ampla caracterização molecular, histológica, fisiológica e fenomenológica. Estudos moleculares prévios, nesse modelo experimental já tem demonstrado aumento da expressão de vários genes durante a fase aguda (fase de estado de mal epiléptico), porém permanece ainda obscuro quais desses genes e /ou vias de sinalização seriam relmente críticos para a determinação das lesões(morte celular em regiões hipocampais específicas determinando a chamada esclerose mesial temporal) que levam à epileptogênese na fase crônica do modelo (crises parciais complexas espontâneas). Baseando-nos nesses achados prévios propomos investigar diretamente o papel dos genes inteleucina1-???(IL-?), do fator de transcrição (NFkB) e a ciclooxigenase-2 (COX-2), envolvido no aumento de glutamato, durante a fase aguda do modelo da pilocarpina. Nossa estratégia experimental será baseada no silenciamento pós-transcricional pela técnica de interferência por RNA ( iRNA) aplicada in vivo. Acreditamos que nossos resultados fornecerão dados rlevantes, que poderão apoiar ou refutar o papel crítico dos genes investigados na determinação da epileptogênese na fase crônica do modelo da pilocarpina. Além disso, nossa estratégia experimental introduzirá o uso da RNAi na investigação funcional de genes envolvidos na patogênese das epilepsias

Ocultar
INVESTIGAÇÃO MULTIMODAL DA EPILEPTOGÊNESE COM ÊNFASE NA INCORPORAÇÃO DE NOVOS MODELOS E NOVAS FERRAMENTAS

Coordenador Principal: Iscia Teresinha Lopes Cedes

Início: 1/1900

Término: 1/1900


Sem resumo
Ocultar
MÉTODOS NÃO INVASIVOS COM MAIOR SENSIBILIDADE PARA DIAGNÓSTICO DE INFECÇÃO HUMANA POR BARTONELLA SPP.

Coordenador Principal: Prof. Dr. Paulo Edurdo Neves Ferreira Velho

Início: 5/2013

Término: 4/2016


Resumo:

Bartonellas são bactérias de distribuição mundial, reemergentes e negligenciadas. As bartoneloses são potencialmente fatais, especialmente em pacientes imunodeficientes. Essas bactérias invadem células endoteliais e não existe método diagnóstico padrão-ouro, pois resultados falsos negativos são frequentes mesmo utilizando técnicas sorológicas e moleculares. O objetivo deste estudo é buscar novos métodos não-invasivos e mais sensíveis para diagnosticar a infecção por Bartonella spp.. Camundongos Balb/c serão infectados por concentração conhecida do agente e animais não infectados servirão de controle. Após quatro dias da infecção experimental amostras sanguíneas serão obtidas para isolamento de células endoteliais, análise de citocinas inflamatórias e PCR. Da pele dos animais será feita cultura tecidual e essas serão analisadas por microscopia óptica e eletrônica de transmissão. Como resultado da pesquisa, espera-se gerar novos testes diagnósticos para detectar a infecção por Bartonella spp., um novo modelo para estudar a formação de biofilme por Bartonella spp. e sua resistência aos antibióticos.

Ocultar
NOROVIRUS MURINO: ISOLAMENTO, DETECÇÃO E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR

Coordenador Principal: Marcus Alexandre Finzi Corat

Início: 2/2013

Término: 2/2016


Resumo:

O Norovírus murino (MNV) tem sido descrito como um dos patógenos de maior prevalência em colônias de camundongos. Entretanto, não há relatos na literatura que descrevam a ocorrência da infecção por MNV em colônias de camundongos no Brasil e na América Latina. Sendo assim, o principal objetivo deste estudo será baseado no isolamento do MNV “in vitro” de amostras de fezes provenientes de camundongos naturalmente infectados. A partir do isolamento viral, pretende-se estabelecer as técnicas de diagnóstico sorológico e molecular, Imunofluorescência Indireta (IFI) e reação em cadeia da polimerase com transcrição reversa (RT-PCR). Para a confirmação destes dados, suspensão de fezes a 20% e amostras de plasma serão obtidas de camundongos de biotérios brasileiros. Células RAW 264.7 serão cultivadas e inoculadas com as amostras de fezes previamente filtradas para tentativa do isolamento viral. Passagens “cegas” e sucessivas da suspensão destas amostras serão realizadas até a observação de efeito citopático sugestivo de infecção por MNV. O estabelecimento da reação de RT-PCR será realizado pela utilização de primers específicos para a região conservada da RNA polimerase dependente de RNA. A detecção de anticorpos anti-MNV será realizada pelo método de Imunofluorescência Indireta e grupos controles de camundongos serão inoculados com a cepa previamente isolada para a produção de soros hiperimunes. A caracterização molecular será feita pelo sequenciamento de amostras positivas no RT-PCR. A análise e alinhamento das seqüências de nucleotídeos será realizada para a comparação com as cepas depositadas no GenBank. Com a realização deste estudo, será possível descrever o primeiro relato de MNV em biotérios brasileiros e ressaltar a importância da inclusão deste agente nos programa de monitoramento sanitário. E, por outro lado, estes dados permitirão avaliar a interferência deste patógeno em resultados experimentais.

Ocultar
O USO DA BORRA DE ÓLEO DE CAFÉ NA CICATRIZAÇÃO DE ULCERAS CUTANEAS EM RATOS(RATTUS NORVERGICUS ALBINUS)

Coordenador Principal: Prof. Dr. Paulo Edurdo Neves Ferreira Velho

Início: 10/2012

Término: 12/2015


Resumo:

A cicatrização é um processo longo e complexo, que dura meses e depende de diversos fatores como idade, estado nutricional, presença de outras doenças, uso de drogas sistêmicas, infecções, local da ferida, raça, entre outros. Para que este processo ocorra, é necessária uma cascata de eventos e a participação de diversos tipos celulares e substâncias por eles secretadas. Entre estas substâncias, destacam-se adiponectina, leptina, IL-2, IL-4, IL-6, IL-12, TNF-?, IGF-1, IFN-? e IFN-?. Os objetivos do projeto são avaliar a utilidade de desenvolver-se um medicamento para uso tópico à base de borra de café cru e torrado com capacidade de cicatrização de úlceras cutâneas e também dosar no tecido lesado e no sangue fatores envolvidos com a cicatrização. O projeto usará 60 ratos Sprague Dawley, divididos em 15 animais por grupo, sendo o grupo 1 tratado com óleo mineral, o grupo 2 com ácidos graxos essenciais (AGE), o grupo 3 com borra de café cru e o grupo 4 com borra de café torrado. Todos os animais serão anestesiados (quetamina, xilazina e diazepam) e serão feitos oito cortes na região escapular dos animais. Os animais serão sacrificados nos dias 2, 4 e 10 após a cirurgia, com coleta da pele (para avaliação histológica subjetiva e objetiva com contagem de células) e PCR real time (para dosagem da expressão local das citocinas acima citadas) e de sangue (para dosagem sistêmica das citocinas no laboratório do pesquisador e no exterior). Os resultados esperados são a melhora local, assim como possível ação sistêmica, quando comparados com o não tratamento ou com os tratamentos convencionais.

Ocultar
PRODUÇÃO DE UM MODELO ANIMAL PARA O ESTUDO DE DOENÇAS CAUSADORAS DE DESMIELINIZAÇÃO DO SNC

Coordenador Principal: Marcus Alexandre Finzi Corat

Início: 7/2013

Término: 6/2014


Resumo:

O vírus da encefalomielite murina de Theiler (TMEV) é um patógeno entérico natural de camundongos. Sendo o ciclo de vida desse vírus muito similar ao da Poliomielite, há um grande uso dele como modelo de estudo de doenças causadoras de desmielinização do sistema nervoso central. Várias doenças infecciosas desmielinizantes ainda não são bem estudadas e, portanto, seus mecanismos de ação não são totalmente conhecidos. Muitas delas não possuem um tratamento eficaz e isso provavelmente se deve à dificuldade de se realizar estudos, tanto para o entendimento quanto para o tratamento dessas doenças, devido a intervenções e controles ambientais e experimentais limitados. Atualmente, os modelos de animais de laboratório existentes nesta linha de pesquisa estão voltados principalmente para o estudo do comportamento viral no organismo. Há poucos estudos voltados para tratamento de sequelas, devido à demora de obtenção dos animais sequelados crônicos, além da dificuldade de sucesso de tratamento destas sequelas. Portanto, faz-se necessário o desenvolvimento de um modelo animal rápido na sua obtenção, viável para estudos do processo de desmielinização e do avanço da doença, bem como que possibilite formas de tratamento de suas sequelas crônicas. Neste trabalho pretendemos desenvolver um modelo animal que possa nos auxiliar no melhor entendimento e refinar tratamentos das sequelas crônicas. Para tanto, iremos comparar o modelo criado aos resultados de sucesso obtidos por nosso grupo com o tratamento através da terapia celular em cães acometidos pela cinomose. (AU)

Ocultar
PROJETO INFRA-ESTRUTURA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO NA UNICAMP

Coordenador Principal: Fernando Ferreira Costa

Início: 2/2004

Término: 3/2016


Resumo:

Aquisição de equipamentos para melhoriaas na infraestrutura para produção animais para desenvolvimento de pesquisa na Unicamp

Ocultar
UNIVERSIDADE NA COMUNIDADE

Coordenador Principal: Delma Pegolo Alves

Início: 5/2013

Término: 6/2014


Resumo:

O presente projeto tem por objetivo contribuir para que a Extensão Universitária seja um processo educativo regular que articulao Ensino e a Pesquisa de forma indissociável, visando a colaborar com as metas do Milênio através do estabelecimento de atividades focadas na troca de saberes entre universitários e membros de comunidades despossuídas vizinhas à UNICAMP. Para tanto propõe uma pesquisa-ação a ser desenvolvida no âmbito da disciplina AM018-Trabalhos comunitários objetivando estabelecer grupos de trabalho constituídos por lideranças comunitárias, especialistas do Poder Executivo, docentes e alunos universitários para desenvolber propostas provenientes de lideranças comunitárias da Região do S. Marcos. Pretende-se, deste modo estabelecer a UNICAMP um núcleo interdisciplinar de extensão comunitária, estreitamente relacionado à CAC-Coordenadoria de Assuntos Comunitários da PREC, para organizar Seminários e desenvolver atividades integradas de ensino, pesquisa e extensão, tendo por base a declaração do milênio visando a ampliar a equipe em comunidades desfavorecidas.

Ocultar
USO DE ÓLEO DE ARROZ NA CICATRIZAÇÃO DE ÚLCERAS CUTÂNEAS EM RATOS (RATTUS NOVERGICUS ALBINUS)

Coordenador Principal: Prof. Dr. Paulo Edurdo Neves Ferreira Velho

Início: 2/2011

Término: 2/2013


Resumo:

O processo de cicatrização é longo e complexo, dura meses nos humanos, e depende de diversos fatores locais e gerais. Ele pode ser divido em três fases: inflamatória, proliferativa e de remodelação. Para que ocorra, é necessária uma cascata de eventos e a participação de diversos tipos de células, bem como de substâncias por elas secretadas. Entre estas destacam-se as substâncias pró-cicatriciais, como a leptina, IL-2, IL-4, IL-6 e o IGF-1, as anti-cicatriciais, como a adiponectina, IL-12, o IFN-?, o IFN-? e, finalmente, o TNF-?, que possui ação variável, de acordo com a concentração circulante desta substância. Muito há para se pesquisar nesse campo, e o desenvolvimento de produtos, com princípios ativos que estimulam a cicatrização, mas de baixo custo, que aproveite matérias-primas encontradas na região, poderia beneficiar um número grande de indivíduos. Foi demonstrado que o uso do óleo do farelo de arroz induz a proliferação de linfócitos, a síntese de citocinas, o aumento da hematopoese e a atividade fagocítica de macrófagos. Objetivos: testar a efetividade do óleo de arroz na cicatrização de feridas cutâneas, e avaliar, tanto no tecido lesado, como no sangue, a sua ação em fatores que atuam na cicatrização. Material e métodos: sobre feridas cirúrgicas circulares produzidas pela exérese da pele, com bisturi, no dorso de ratos, (45 animais, divididos em três grupos) foi aplicado um produto à base de óleo de arroz (patente BR 10 2012 008718 9). O processo de cicatrização foi avaliado por meio do estudo histológico e da quantificação tissular (por meio da PCR real time) e sérica (por meio da técnica Elisa), de fatores que atuam na cicatrização: leptina, IL-2, IL-4, IL-6, IGF-1, adiponectina, IL-12, IFN-?, IFN- ? e TNF- ?. Resultados e conclusões: comparativamente com o controle, foi encontrada diferença significante na celularidade das feridas e detectada ação sistêmica do produto, face ao aumento dos níveis séricos de adiponectina, leptina, IL-2, IL-6, TNF-? e IFN-?. Os resultados deste trabalho poderão ser úteis para a indústria farmacêutica e cosmecêutica brasileira ou internacional.

Ocultar
Voltar
COCEN Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisplinares de Pesquisa Rua Saturnino de Brito, nº 323, 2º andar Cidade Universitária Zeferino Vaz - Barão Geraldo, Campinas - SP CEP: 13.083-889 cocen@reitoria.unicamp.br +55 (19) 3521-4912 Equipe
Links
Voltar ao início Unicamp Escreva sua matéria
Acesse pelo celular