Projetos
43 Projetos de Pesquisa (CMU) Fonte: Avaliação Institucional 2009-2013
A FESTA DE SANTA CRUZ E O TERÇO CANTADO EM COMUNIDADES RURAIS - PERMANÊNCIA E MUDANÇA.

Coordenador Principal: Batistina Maria de Sousa Corgozinho

Início: 12/2010

Término: 12/2012


Resumo:

Analisar as características e condições de realização da Festa de Santa Cruz e Terço Cantado, em comunidades rurais e bairros da periferia da cidade de Divinópolis - MG, as mudanças ocorridas e sua continuidade frente aos impactos do processo de individualização social, típica da sociedade contemporânea.

Ocultar
A HISTÓRIA ORAL COMO ESTRATÉGIA PARA RECONSTRUIR O PATRIMÔNIO IMATERIAL DAS FAZENDAS HISTÓRICAS CAMPINEIRAS

Coordenador Principal: Olga Rodrigues Moraes Von Simson

Início: 10/2012

Término: 2/2013


Resumo:

O objetivo principal é investigar na Metodologia da História Oral, juntamente com os estudantes, o universo rural e a sua rica herança cultural expressa nas Fazendas Históricas de Campinas e Região.

Ocultar
A PRESENÇA DOS POVOS DE LÍNGUA E CULTURA ALEMÃ NO INTERIOR PAULISTA

Coordenador Principal: Olga Rodrigues de Moraes Von Sinsom

Início: 9/2010

Término: 9/2011


Resumo:

O presente projeto tem por objetivo realizar uma exposição fotográfica em comemoração aos 25 anos do Centro de Memória-UNICAMP. Tendo em vista os estudos realizados pelos pesquisadores do Centro de Memória sobre o papel relevante da imigração de povos de língua e cultura germânicas para a formação do interior do Estado de São Paulo, a partir do segundo quartel do século XIX, optou-se por realizar uma exposição fotográfica sobre o assunto. (Projeto FAEPEX 727/10 )

Ocultar
ACERVOS DOCUMENTAIS ONLINE: MEMÓRIA E EXPERIÊNCIAS EDUCACIONAIS

Coordenador Principal: Adriana Carvalho Koyama

Início: 9/2013

Término: 9/2015


Resumo:

Estudar e dar visibilidade a um conjunto de referências teórico metodológicas que possam ser postas em ação para a criação de percursos de educação patrimonial e de produção de conhecimento histórico educacional, em leituras de documentos de arquivos e centros de documentação online.

Ocultar
ARTE DOMÉSTICA E DECORATIVA NO MUNDO RURAL PAULISTA

Coordenador Principal: Rosaelena Scapeline

Início: 3/2013

Término: 3/2018


Resumo:

Estudar a arte doméstica rural, vendo-a como documento que possa revelar processos culturais artísticos, gostos e comportamentos do ambiente rural do Estado de São Paulo. Ao inventariar esses bens culturais, vou procurar estabelecer leituras tendo como ponto de partida que esses acervos são reveladores de modos de vida no âmbito familiar, religioso, político e de sociabilidade, e que são repletos de bens de uma grande diversidade histórica e tipológica.

Ocultar
AS VOZES DOS EDUCANDOS DO PROJETO EDUCATIVO DE INTEGRAÇÃO SOCIAL

Coordenador Principal: Carlos Roberto Pereira de Souza

Início: 1/2008

Término: 1/2011


Resumo:

O trabalho teve como objetivo reconstruir a trajetória educacional dos educandos do Projeto Educativo de Integração Social – PEIS. A pesquisa investigou os educandos que frequentavam o curso superior e que, ao mesmo tempo, continuavam a frequentar o PEIS. Para isso, recorremos à Metodologia da História Oral, método qualitativo fundamentado nos testemunhos dos educandos envolvidos, pois essa metodologia tem como lema “dar vozes aos atores sociais envolvidos na investigação”. A dissertação concentra-se em dois eixos de reflexão: o primeiro objetiva compreender o passado recente, a manutenção da longevidade do Projeto e seu papel sócio-político e pedagógico; e o segundo eixo refere-se à pesquisa, ao procurarmos compreender as origens (regionais, sociais, educacionais), a trajetória educacional dos educandos do PEIS e as contribuições das práticas pedagógicas do Projeto em suas vidas e atividades profissionais. Através da Metodologia da História Oral, este trabalho conseguiu descrever a trajetória educacional dos educandos que retornaram ao PEIS mesmo após alcançarem o ensino superior, relacionando as suas falas com as práticas pedagógicas do Projeto.

Ocultar
ASSEMBLÉIA DO POVO: LUTA ORGANIZADA POR MELHORES MORADIAS (CAMPINAS-SP 1979-1986) - CIÊNCIA E ARTE NAS FÉRIAS

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2010

Término: 2/2011


Resumo:

O MAP (19779-1987) foi um movimento formado pela associação de favelas da cidade Campinas, que teve como objetivo reivindicar melhores condições de moradia. Foi assessorado por agentes das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base) da Arquidiocese da cidade de Campinas e também por sociólogos, assistentes sociais, arquitetos, advogados e estudantes universitários. O CMU possui um conjunto de documentos que dão conta da trajetória e da dinâmica do MAP, no qual é revelado a singularidade deste movimento pela sua forma de organização. (PROJETO FAEPEX 1048/10)

Ocultar
CIDADE, ARQUITETURA ESCOLAR E CORPO: POR ENTRE POSSÍVEIS CONEXÕES, SENSIBILIDADES E SOCIABILIDADE

Coordenador Principal: Maria de Fatima Guimarães

Início: 10/2011

Término: 11/2013


Resumo:

Problematizar e ampliar a percepção que se tem do entrecruzamento da arquitetura escolar no espaço urbano com sensibilidades relativas ao corpo, sobretudo na perspectiva de uma história da educação política dos sentidos (GAY, 1988).

Ocultar
CIDADE, MEMÓRIAS E SENSIBILIDADES

Coordenador Principal: Maria Silvia Duarte Hadler

Início: 10/2011

Término: 11/2013


Resumo:

Compreender como os traços gerais da moderna condição urbana têm sido vivenciados numa localidade no caso, a cidade de Campinas. O recorte temporal está localizado nos anos finais da década de 1960 e inicio de 1970, em que se observa um avanço acentuado da modernidade em diversas cidades brasileiras, colocando-se como um período de gestação de importantes traços de nossa contemporaneidade mais recente. Através da análise de imagens visuais, publicações diversas, depoimentos orais pretende-se apreender imagens e representações sobre a vida urbana que estariam sendo veiculadas, formas de circulação e de vinculação com os diversos lugares da cidade, procurando flagrar formas de experiência, de sociabilidades, de sensibilidades que estariam se constituindo.

Ocultar
COMPOSIÇÃO DA RIQUEZA E MOBILIDADE SOCIAL NA ECONOMIA CAFEEIRA. CAMPINAS: 1870-1940

Coordenador Principal: Fernando Antonio Abrahão

Início: 3/2010

Término: 12/2014


Resumo:

Este projeto tem o objetivo de estudar casos de mobilidade social em Campinas durante o auge do café e a transição para a industrialização (1870 1940). Iniciamos essa pesquisa nos registros do Tribunal de Justiça da Comarca de Campinas (TJC): inventários post-mortem, testamentos, atas de eleições e registros de votantes, assim como nos registros notariais de abertura de firmas e empresas do 1o Cartório de Notas de Campinas. Os documentos revelam trajetórias interessantes. Pretendemos abordar a questão do trabalho familiar como estratégia alternativa para a construção da vida material, sobretudo a acumulação de riqueza como meio de inserção e reconhecimento social.

Ocultar
CRÉDITO E FINANCIAMENTO DA ECONOMIA CAFEEIRA EM CAMPINAS 1850-1900

Coordenador Principal: Maria Alice Rosa Ribeiro

Início: 12/2013

Término: 11/2015


Resumo:

Rastrear os contratos de empréstimos registrados em dois períodos: o primeiro de 1868 a 1888 e de 1888 a 1900, marcado pela presença da escravidão como forma dominante de regime de trabalho até a abolição e o segundo, que contempla o regime de trabalho livre: colonato, parceria e assalriamento, a reforma bancária, o Encilhamento e as primeiras manifestações de crise na economia cafeeira. Compará-los e identificar singularidades.

Ocultar
DO SAMBA BUMBO ÀS ESCOLAS DE SAMBA. A RIQUEZA DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA NA REGIÃO DE CAMPINAS É O FOCO DESTE PROJETO.

Coordenador Principal: Olga Rodrigues de Moraes von Sinsom

Início: 10/2009

Término: 2/2010


Resumo:

Campinas, de um entroncamento de rotas de muares no período colonial, originário de um pequeno bairro rural do município de Jundiaí, se tornou uma cidade economicamente pujante e importante centro gerador de cultura no Estado de São Paulo e no país, a partir da riqueza que passou a circular em nossa região com a implantação das culturas de cana de açúcar, no século XVIII e do café no século XIX. Mas todo esse processo, resumido na frase acima, não se deu sem uma enorme quantidade de trabalho humano gerador de riquezas, realizado pelos contingentes indígena e africano, sob a dominação lusa. A presença indígena é muito difícil de ser retraçada, porque os vestígios que restaram são mínimos. A contribuição africana e crioula, entretanto, se fez presente por um tempo muito mais longo e com uma intensidade muito maior. Em 1871 (segundo F. Quirino dos Santos que escreveu o texto CAMPINAS. Notícia Histórica) a cidade contava com aproximadamente “... 33 mil almas (dez, mais ou menos, na cidade e o resto nas fazendas). Nesta cifra destacam-se 13 mil indivíduos livres e 20 mil escravos.” Podemos avaliar por tais números, a quantidade de braços atuando na lavoura cafeeira e o enorme peso da cultura de origem africana e crioula na formação do povo campineiro. Dessa população de origem afro uma marca forte ficou na música e na dança das classes populares da nossa região, que ainda hoje se manifesta através do samba-rural, mais especificamente através do samba de bumbo campineiro. Ele é dançado ainda hoje nas festas das comunidades afro-brasileiras das várias cidades que formam a macro Região de Campinas. (Projeto FAEPEX 932/09)

Ocultar
EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ARTE, TECNOLOGIA E MEMÓRIA.

Coordenador Principal: Margareth Brandini Park

Início: 6/2009

Término: 5/2013


Resumo:

Possibilitar o diálogo entre arte, tecnologia e memória enquanto embasamento para a educação ambiental e do olhar. Focallizar questões ambientais referentes a APA de Sousas e Joaquim Egidio, em Campinas - SP, visando alterar o discursos usual de preservação local pelo de recuperação, considerando que a ocupação humana na região de Campinas historicamente tem mais de 200 anos e passou por várias etapoas que transformaram radicalmente a paisagem natural.

Ocultar
EDUCAÇÃO DAS SENSIBILIDADES E ENSINO DE HISTÓRIA: LUGARES DE MEMÓRIA, HISTÓRIA E EDUCAÇÃO

Coordenador Principal: Maria Carolina Bolvério Galzerani

Início: 10/2013

Término: 10/2015


Resumo:

Trata-se de um projeto coletivo de pesquisa, por mim coordenado, cujo mote é a possibilidade de localizar, reunir, sistematizar, analisar e disseminar as principais abordagens contemporâneas que se aproximam da temática da educação das sensibilidades, em suas relações com o ensino de História, com os lugares e práticas de memória e com a produção de conhecimentos históricos educacionais lato sensu. Tal pesquisa justifica-se, sobretudo, face à ampliação, na contemporaneidade, de práticas educativas e culturais articuladas às políticas públicas comprometidas, em grande parte das vezes, com o engendramento do homo economicus. O que se propõe é dar visibilidade a um novo campo de produção de conhecimentos, com potencialidades de ação educativa e de formação de professores, uma vez que a temática da educação das sensibilidades, na relação com as renovações teóricas atuais, vem sendo instituída através das diferentes pesquisas realizadas, inclusive, pelo grupo de pesquisa Kairós: educação das sensibilidades, história e memória, participantes desse projeto, bem como por outros grupos de pesquisa, no Brasil e internacionalmente. Como referenciais teóricos, destacamos as contribuições da história cultural que permeia as reflexões de Walter Benjamin, Edward Palmer Thompson e Peter Gay, entre outros.

Ocultar
FAZENDAS DE CAFÉ EM CAMPINAS E REGIÃO: LEVANTAMENTO DE FONTES FOTOGRÁFICAS

Coordenador Principal: Maria Tereza Duarte Paes

Início: 10/2008

Término: 2/2009


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema central da proposta articulada entre os setores do CMU para o projeto Ciências e Artes nas Férias 2009. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, alimentando gostos culinários, espaciais (o que é a centralidade da cozinha em nossas casas?), musicais, e de um certo modo, apontando para o que é, de fato, uma ótima qualidade de vida que tanto aspiramos vivendo nos centros urbanos. (Processo FAEPEX no. 890/08)

Ocultar
FAZENDAS DE CAFÉ EM CAMPINAS E REGIÃO: OS MANUSCRITOS COMO FONTE DE PESQUISA

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 10/2008

Término: 2/2009


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema central da proposta articulada entre os setores do CMU para o projeto Ciências e Arte nas Férias 2009. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, alimentando gostos culinários, espaciais (o que é a centralidade da cozinha em nossas casa?) musicais, e de um certo modo, apontando para o que é, de fato, uma ótima qualidade de vida que tanto aspiramos vivendo nos centros urbanos. Investigar o universo rural significa também conhecer grande parte das razões que estabeleceram o Estado de São Paulo entre as primeiras regiões mais desenvolvidas no Brasil, e com características singulares e especiais. Em Campinas temos a presença de Fazendas Históricas que contribuem para compreendermos uma riqueza cultural exemplar, com seus acervos de objetos, de documentos e obras de arte, seus espaços cultivados e construídos, suas tradições religiosas, artísticas e artesanais que, potencialmente, podem revelar os mais preciosos suportes das memórias e valores da nossa sociedade. Assim o presente projeto visa conhecer e divulgar os remanescentes das primeiras fazendas históricas de Campinas e região através de documentação historiográfica que possibilite refazer a trajetória deste patrimônio. Projeto FAEPEX 880/08

Ocultar
FAZENDAS DE CAFÉ EM CAMPINAS E REGIÃO: PATRIMÔNIO HISTÓRICO, TURÍSTICO E CULTURAL.

Coordenador Principal: Marcos Tognon

Início: 10/2008

Término: 2/2009


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema central da proposta articulada entre os setores do CMU para o projeto Ciências e Arte nas Férias 2009. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, alimentando gostos culinários, espaciais (o que é a centralidade da cozinha em nossas casa?) musicais, e de um certo modo, apontando para o que é, de fato, uma ótima qualidade de vida que tanto aspiramos vivendo nos centros urbanos. Investigar o universo rural significa também conhecer grande parte das razões que estabeleceram o Estado de São Paulo entre as primeiras regiões mais desenvolvidas no Brasil, e com características singulares e especiais. Em Campinas temos a presença de Fazendas Históricas que contribuem para compreendermos uma riqueza cultural exemplar, com seus acervos de objetos, de documentos e obras de arte, seus espaços cultivados e construídos, suas tradições religiosas, artísticas e artesanais que, potencialmente, podem relevar os mais preciosos suportes das memórias e valores da nossa sociedade (Projeto FAEPEX no. 881/08)

Ocultar
FAZENDAS DE CAFÉ EM CAMPINAS E REGIÃO: PATRIMÔNIO HISTÓRICO, TURÍSTICO E CULTURAL.

Coordenador Principal: Olga Rodrigues de Moraes Von Simson

Início: 10/2008

Término: 2/2009


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema central da proposta articulada entre os setores do CMU para o projeto Ciências & Arte nas Férias 2009. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, alimentando gostos culinários, espaciais (o que é a centralidade da cozinha em nossas casa?) musicais, e de um certo modo, apontando para o que é, de fato, uma ótima qualidade de vida que tanto aspiramos vivendo nos centros urbanos. Investigar o universo rural significa também conhecer grande parte das razões que estabeleceram o Estado de São Paulo entre as primeiras regiões mais desenvolvidas no Brasil, e com características singulares e especiais. Em Campinas temos a presença de Fazendas Históricas que contribuem para compreendermos uma riqueza cultural exemplar, com seus acervos de objetos, de documentos e obras de arte, seus espaços cultivados e construídos, suas tradições religiosas, artísticas e artesanais que, potencialmente, podem relevar os mais preciosos suportes das memórias e valores da nossa sociedade (Projeto FAEPEX no. 894/08)

Ocultar
FAZENDAS HISTÓRICAS NO ESTADO DE SÃO PAULO

Coordenador Principal: Olga Rodrigues Moraes Von Simson

Início: 10/2012

Término: 2/2013


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema, de nossa proposta para o projeto Ciências e Arte nas Férias 2013. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros da memória do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, apontando para uma ótima qualidade de vida junto a natureza, que tanto aspiramos, vivendo hoje nos centros urbanos. O objetivo do presente Projeto será de captar a memória da vida rural que ainda subsiste nesses espaços, por meio de observação, registro e exploração do patrimônio e das vivências culturais e seu relacionamento com a cidade mais próxima.

Ocultar
FAZENDAS HISTÓRICAS NO ESTADO DE SÃO PAULO E SEU PATRIMÔNIO IMATERIAL

Coordenador Principal: Marcos Tognon

Início: 10/2012

Término: 2/2013


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são o tema, de nossa proposta para o projeto Ciências e Arte nas Férias 2013. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros da memória do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano de cada um de nós, apontando para uma ótima qualidade de vida junto a natureza, que tanto aspiramos, vivendo hoje nos centros urbanos. O objetivo do presente Projeto será de captar a memória da vida rural que ainda subsiste nesses espaços, por meio de observação, registro e exploração do patrimônio e das vivências culturais e seu relacionamento com a cidade mais próxima. (PROJETO FAEPEX 1393/12)

Ocultar
GERENCIAMENTO DE RISCOS EM SAÚDE AMBIENTAL COM POPULAÇÕES POBRES: METODOLOGIA PARTICIPATIVA PARA CRIAÇÃO DE CONTEÚDOS EDUCATIVOS PARA USO LOCAL

Coordenador Principal: Patricia Brant Mourão Teixeira

Início: 2/2010

Término: 2/2012


Resumo:

Desenvolver uma metodologia para criar uma série de materiais educacionais nos formatos múltiplos (impre+A283:N301ssos e multimídia) para compor oficinas multilíngues e multicontextuais (tanto presenciais como virtuais) para serem aplicadas em diversos contextos de habitação precária.

Ocultar
GESTÃO SOCIAL URBANA: PROCESSOS DE NEGOCIAÇÃO E PARTICIPAÇÃO POPULAR

Coordenador Principal: Patricia Brant Mourão Teixeira

Início: 2/2012

Término: 2/2014


Resumo:

Investigar e construir metodologias participativas que promovam o empoderamento e a inclusão da comunidade nos processos decisõrios do seu território e construir a partir de experiências locais, materiais educativos que possam ser facilmente adaptados e traduzidos para outros territórios e comunidades.

Ocultar
HISTÓRIA DA MÚSICA EM CAMPINAS. A COLEÇÃO FOTOGRÁFICA DO CONSERVATÓRIO MUSICAL CAMPINAS - CIÊNCIA E ARTE NAS FÉRIAS

Coordenador Principal: José Roberto Zan

Início: 10/2009

Término: 2/2010


Resumo:

O projeto proposto pelo setor de fotografia do CMU para o Programa Ciência & Arte nas Férias tem por objetivo situar o aluno do ensino fundamental na prática cotidiana do arquivo fotográfico, orientando-o nas atividades de processamento técnico arquivístico e na conservação, preservação e restauro dos documentos. A coleção selecionada para ser processada foi o Conservatório Musical “Campinas”, instituição criada em 12 de fevereiro de 1949 e extinto em 1998. O acervo foi doado ao Centro de Memória pela família de D. Olga Normanha, em 2008. O acervo é composto por 742 fotografias em preto e branco, 166 coloridas e 2 fotopinturas, totalizando 910 imagens produzidas entre 1950 e 1990. (Projeto FAEPEX 917/09)

Ocultar
INTERDISCIPLINARIDADE E PRODUÇÃO ACADÊMICA: UMA AVALIAÇÃO ANTROPOLÓGICA DA UNICAMP (PESQUISA BÁSICA)

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 5/2010

Término: 11/2011


Resumo:

Pesquisa interdisciplinar vem recebendo atenção especial em muitas universidades no mundo inteiro. Entre as universidades brasileiras, a UNICAMP tem se destacado pela introdução pioneira de vários centros de pesquisa interdisciplinar. O principal propósito deste projeto é estudar as condições para o desenvolvimento de pesquisa interdisciplinar tanto nos departamentos como nos centros interdisciplinares desta universidade. O aspecto cultural envolvendo o trabalho acadêmico em geral é considerado particularmente importante nesta pesquisa. (AU)

Ocultar
INTRODUÇÃO DE MÉTODOS TERAPÊUTICOS ALTERNATIVOS: A EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA NA REDE BÁSICA DE CAMPINAS (PESQUISA BÁSICA)

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 4/2009

Término: 1/2010


Resumo:

O propósito maior deste livro é focalizar a chamadas medicinas alternativas e sua introdução na rede básica de serviços de saúde de Campinas. Nesse sentido, o objetivo é avaliar o desenvolvimento e as condições com que essas práticas terapêuticas estão sendo implementadas e sistematizadas neste espaço institucional. O contexto mais amplo dessa pesquisa, baseada em uma perspectiva antropológica e sociológica, refere-se à implementação do SUS, que promove uma tentativa de reconciliação entre o paradigma positivista dominante da área da saúde e outras racionalidades e práticas terapêuticas emergentes de tradição não ocidental. Nesse sentido, a introdução das medicinas alternativas apresenta uma percepção de saúde e prática terapêutica que extrapola o campo médico centrado exclusivamente na dimensão biológica. Tal perspectiva exige cada vez mais equipes multidisciplinares no processo de trabalho de produzir uma perspectiva ampliada e integrada de saúde. (AU)

Ocultar
LUGAR DE MORADA COMO LUGAR DE MEMÓRIA: A CONSTRUÇÃO DE UMA CASA MUSEU,A CASA DE RUI BARBOSA -RJ

Coordenador Principal: Rosaelena Scarpeline

Início: 1/2006

Término: 12/2009


Resumo:

Analisaremos a Casa Museu Rui Barbosa, situada a Rua São Clemente, 134, no Rio de Janeiro, local que Rui e sua família ocuparam por 28 anos e, com e que com sua morte em 1923, que foi vendida para governo brasileiro para ser transformado em um Museu Biblioteca. Ao ser institucionalizada como lugar de memória, deixou de ser residência de um homem público e passou a ser um bem, uma referência à sociedade e a nação. Uma casa que deve ser preservada, não por ser um exemplar arquitetônico de sua época, mas por ser um marco histórico, um monumento, local onde deve ser reverenciada a presença de seu proprietário, para que não caia no esquecimento coletivo seus feitos e saberes. Sabemos que a função principal de uma Casa Museu é através da narrativa histórica, do patrimônio material e imaterial, criar uma ambientação crível que levará o visitante a compartilhar a vivência de seu personagem símbolo, adquirindo conhecimento. Partindo desse principio vamos delinear quais são os caminhos utilizados para nortear a montagem de uma casa museu, nos inserindo em um universo multidisciplinar em busca do embasamento necessário a sua museografia. Pois reforçando igualdades e diferenças, somos responsáveis por tecer a teia que vai reforçar a presença do personagem símbolo, na história e memória de nosso país. Personagem digno de ser destacado, homenageado, um mito a ser reverenciado.

Ocultar
MEMÓRIA E CONHECIMENTO NAS REDES SOCIAIS: DO MANUSCRITO AO DIGITAL

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2012

Término: 2/2013


Resumo:

Este projeto visou apresentar aos alunos participantes do Programa Ciência & Arte nas férias os Arquivos Históricos do CMU. O nosso propósito foi o de possibilitar aos estudantes o contato com todas as fases do processamento técnico arquivístico aplicado a conjuntos de documentos que inclui desde a higienização, a identificação de seu conteúdo e estrutura, a ordenação, a descrição, a guarda e a divulgação. A divulgação, etapa privilegiada por este projeto, por meio das redes sociais, especificamente pelo facebook, disponibilizou imagens de documentos, criteriosamente selecionados, a partir do olhar dos alunos e possibilitou dar visibilidade ao trabalho desenvolvido por eles. (PROJETO FAEPEX 1394/12)

Ocultar
MEMÓRIA, FONTES E HISTÓRIA: ORGANIZAÇÃO DO FUNDO JOSÉ ROBERTO DO AMARAL LAPA

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2009

Término: 2/2010


Resumo:

O objetivo geral deste projeto é o de propiciar aos jovens estudantes do ensino médio o contato com as fontes históricas e as diferentes etapas dos pesquisadores e profissionais de arquivo passando pelo levantamento das fontes, pesquisa bibliográfica, noções de leitura paleográfica, cuidados no manuseio de documentos históricos, assim como a organização, preservação e disponibilização de fontes para pesquisa. O trabalho será desenvolvido junto ao arquivo pessoal do professor José Roberto do Amaral Lapa, sediado no CMU e em fase de organização. Neste projeto, será destacado a série “Correspondência” composta de aproximadamente 10 mil itens documentais, de valor significativo para a historiografia brasileira. Outra temática recorrente nessa série é a obstinada luta do professor Lapa pela captação de acervos, no sentido de localizar, reunir e “salvar” da destruição fontes para pesquisa. (Projeto FAEPEX 922/09)

Ocultar
MEMÓRIA, TRADIÇÃO E SOCIABILIDADES URBANAS

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2010

Término: 12/2014


Resumo:

Este projeto visa pensar o distrito de Barão Geraldo como um núcleo de tradição agrária que, a partir da metade do século XX, se desenvolveu com a instalação da Unicamp e também de um pólo hospitalar e industrial na região do distrito. Com a chegada da Universidade também chegaram os estudantes, professores e funcionários, seus novos moradores e, com isso, Barão Geraldo passa por uma mudança significativa no cenário urbano e também nos códigos de convivência, onde a presença do estranho (Bauman) nem sempre é vista sem conflitos. Neste sentido, a proposta é olhar a história dessa gente e para tanto nos propomos escutar essas vozes, e, para isto, a metodologia da história oral será colocada em ação. Da mesma forma, constitui eixo desta pesquisa o conceito de memória, sobretudo na relação com os ensaios de Walter Benjamin, o qual permite a própria re-significação do conceito de história, bem como possibilita a ampliação da pesquisa em relação a outros conhecimentos imbricados nas complexas teias dos saberes historicamente constituídos. Para tal, em diálogo com as fontes orais serão analisados documentos tais como, almanaques, revistas, jornais, produções literárias e iconográficas.

Ocultar
O DESENVOLVIMENTO DA PRAXE POLICIAL NO SEGUNDO REINADO E NA REPÚBLICA VELHA

Coordenador Principal: Anna Gicelli Garcia Alaniz

Início: 6/2009

Término: 5/2009


Resumo:

Estabelecer correlações entre inquéritos produzidos nas delegacias de polícia e os processos-crime movidos pelo judiciário, a fim de analisar o desenvolvimento da praxe policial sob os regimes monárquico e republicano.

Ocultar
O PADRÃO DE ACUMULAÇÃO DOS FAZENDEIROS DO OESTE PAULISTA NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX

Coordenador Principal: Maria Alice Rosa Ribeiro

Início: 12/2009

Término: 11/2015


Resumo:

Acompanhar o padrão de acumulação que foi gestado na economia cafeeira paulista na segunda metade do século XIX, tendo como foco as transformações ocorridas nas formas de riqueza de algumas familias da elite paulista. Estudar o percurso de 4 fazendeiros de café que começaram suas ativiidades no Oeste Paulista por volta de 1850 e foram pioneiros no cultivo do café. Três deles concentravam suas atividades na cidade de Campinas, mas estavam em constante deslocamento entre as propriedades localizadas na região e dessas para a cidade de São Paulo e Santos.

Ocultar
ORALIDADE E VISUALIDADE NA RECUPERAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO-CULTURAL DAS FAZENDAS HISTÓRICAS DA MACRO-REGIÃO DE CAMPINAS

Coordenador Principal: Olga Rodrigues Moraes Von Simson

Início: 10/2011

Término: 2/2012


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias são o tema do trabalho com os estudantes do Projeto Ciência e Arte nas Férias 2012. Embora grande parte da população paulista habite cidades e metrópoles, os registros da memória do universo rural sempre estiveram presentes no cotidiano, apontando para o que é de fato uma boa qualidade de vida junto à natureza. Investigar o universo rural significa também conhecer grande parte das produções que, no passado, colocaram o Estado de São Paulo entre as primeiras regiões mais ricas e desenvolvidas do Brasil, apresentando características singulares e especiais. Na grande região metropolitana de Campinas temos ainda a presença de algumas Fazendas Históricas que poderiam contribuir para compreensão de uma riqueza cultural única, pois seus acervos de objetos, documentos e obras de arte, seus espaços cultivados e construídos, suas tradições religiosas, artísticas e artesanais poderiam potencialmente revelar os mais preciosos suportes de memória e valores da nossa sociedade campineira. O objetivo do Projeto é o de captar a memória da vida rural que ainda subsiste nesses espaços, seja entre os poucos trabalhadores que no passado ali atuaram, seja através da escuta de proprietários e seus familiares sobre a trajetória da propriedade, suas vivências culturais e seu relacionamento com a cidade mais próxima.

Ocultar
PATRIMÔNIO CULTURAL RURAL PAULISTA: ESPAÇO PRIVILEGIADO PARA PESQUISA, EDUCAÇÃO E TURISMO.

Coordenador Principal: Marcos Tognon

Início: 3/2008

Término: 3/2010


Resumo:

Esse projeto de pesquisa tem como objetivo principal promover um diagnóstico do Patrimônio Cultural Rural representado por dezessete fazendas históricas distribuídas por cinco regiões do Estado de São Paulo: Limeira, Mococa, São Carlos, Vale do Paraíba e Itú , e, disponibilizar, sucessivamente, um conjunto de instrumentos e de metodologias de gestão, de conservação e de difusão para os responsáveis pelo patrimônio cultural rural paulista, tanto os proprietários quanto as respectivas instâncias públicas pertinentes da área da cultura, da educação e do turismo. Por se tratar de um patrimônio cultural muito complexo em suas dimensões e valores sociais, e também devido à abrangência geográfica do Projeto no Estado de São Paulo, a equipe de pesquisadores é composta por diversos especialistas oriundos de universidades de instituições de pesquisa, e dividida em quatro áreas temáticas: Memória Virtual Rural, Preservação e Patrimônio Cultural Material, Inventário e Documentação, Educação Patrimonial e Turismo Cultural; com o objetivo de viabilizar a execução das tarefas práticas como a coleta de dados nas visitas técnicas e as investigações documentais e bibliográficas, para, concomitantemente, promover um debate qualificado entre todas os pesquisadores e apresentar resultado para a comunidade rural envolvida no projeto.

Ocultar
PATRIMÔNIO IMATERIAL DAS FAZENDAS DE CAMPINAS E REGIÃO

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2008

Término: 2/2009


Resumo:

O universo rural, sua cultura, seus espaços e suas histórias, são tema central da proposta articulada entre os setores do CMU para o Projeto Ciência e Artes nas Férias 2009. Em Campinas temos a presença de Fazendas Históricas que contribuem para compreendermos a riqueza cultural exemplar, com seus acervos de objetos, de documentos e obras de arte, sua tradições religiosas, artisiticas e artesanais que, potencialmente podem revelar os mais preciosos suportes das memórias e valores da nossa sociedade. (Projeto FAEPEX 883/08)

Ocultar
PRESERVAÇÃO, DIVULGAÇÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DO ACERVO DOCUMENTAL DO CENTRO DE MEMÓRIA POR MEIO ELETRÔNICO

Coordenador Principal: José Roberto Zan

Início: 1/2009

Término: 1/2012


Resumo:

Objetivo deste projeto é desenvolver e executar rotinas de trabalho visando a preservação e a divulgação, por meio eletrônico, das fontes documentais sobre a História de Campinas e da região conhecida como Oeste Paulista, que estão sob a guarda do Centro de Memória - Unicamp. Essas ações se realizarão através da digitalização dos processos cíveis e criminais registrados no Fundo Tribunal de Justiça de Campinas (com aproximadamente 45.000 unidades, abrangendo 1796 a 1940), dos registrados no 10º Cartório do Tribunal de Justiça de Jundiaí (cerca de 2.500 processos, abrangendo o período de 1770 a 1900), e dos microfilmes do Registro Civil de São Paulo (com 1215 rolos de 35 mm, abrangendo o período de 1872 a 1922) e das coleções de material fotográfico. Atualmente a demanda por processos digitalizados para consulta é bastante significativa no CMU. Além disso, a manutenção de máquinas para a leitura de microfilmes tem sido custosa. Acreditamos que a digitalização dos documentos referenciados favoreça a consulta dos pesquisadores e a preservação dos documentos originais, através da sua disponibilização via meio eletrônico. (Processo FAPESP 2009/54959-1)

Ocultar
PROSTITUIÇÃO EM CAMPINAS NO SÉCULO XX

Coordenador Principal: Ana Maria Melo Negrão

Início: 9/2009

Término: 8/2013


Resumo:

Trata-se de um projeto de pesquisa, vinculado ao Centro de Memória-Unicamp (CMU), objetivando reconstruir a trajetória da prostituição na elitista cidade de Campinas, com a manutenção de casa de prostituição de alto nível , em vários bairros, frequentadas pela sociedade mascilina campineira. De outro lado, analisa-se a alta sociedade, com amostragem feminina, que entregava-se à prostituição velada, mantendo seu status de dama respeitável da sociedade. Todos esses aspectos são pesquisados em interface com o capítulo do Lenocínio do Codigo Penal vigente e o manifesto descumprimento da lei.

Ocultar
SAMBA, MEMÓRIA E REALIDADE AFRO-PAULISTA NA CAMPINAS CONTEMPORÂNEA - CIÊNCIA E ARTE NAS FÉRIAS

Coordenador Principal: Olga Rodrigues de Moraes Von Sinsom

Início: 2/2010

Término: 2/2011


Resumo:

Reconstruir a história do samba em Campinas desde suas origens rurais, proveniente dos cativos africanos que foram trazidos para a região para trabalharem na lavoura de café e trouxeram consigo a cultura afro do Samba de Bumbo e Samba Lenço, entre outros , até os movimentos atuais que mantém a cultura do samba, por exemplo: o Grupo de Sambistas Cupinzeiro; Urucungos Puitas e Quinjengues; grupo de Jongo Dito Ribeiro; Sawuru, entre outros. (Projeto FAEPEX conv. 519.292- solicitação n. 510/10)

Ocultar
SAÚDE MENTAL E TRABALHO INTERDISCIPLINAR: AVALIAÇÃO DAS EXPERIÊNCIAS DO SERVIÇO DE SAÚDE 'DR CÂNDIDO FERREIRA' EM CAMPINAS-SP

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 3/2007

Término: 2/2010


Resumo:

Este projeto tem como objetivo principal estudar a experiência de desospitalização e de reforma psiquiátrica conduzida em uma instituição pioneira neste tema, que funciona no interior do SUS de Campinas. O foco principal do projeto dirige-se ao processo de trabalho interdisciplinar, central à terapêutica introduzida pela instituição. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico ( 1)

Ocultar
SAÚDE MENTAL E TRABALHO INTERDISCIPLINAR: AVALIAÇÃO DAS EXPERIÊNCIAS DO SERVIÇO DE SAÚDE DE CAMPINAS - PARTE II (PESQUISA BÁSICA)

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 3/2009

Término: 11/2011


Resumo:

Este projeto analisará o processo de reforma psiquiátrica a partir de um foco dirigido ao trabalho interdisciplinar dos profissionais de nível superior do serviço de saúde Dr. Cândido Ferreira, em Campinas. Trata-se de uma instituição filantrópica que contribui expressivamente com a rede de assistência à saúde mental deste município. Embora integrada à rede de assistência de saúde mental desta cidade, o serviço apresenta certa independência financeira, administrativa e gerencial em relação à ela, o que lhe permite implementar algumas experiências terapêuticas e inovações gerenciais. Mais especificamente, este artigo focaliza o processo de tomada de decisão da equipe interdisciplinar, envolvendo diagnóstico e processo terapêutico. Também aborda a organização do serviço no processo de desospitalização, como o remanejamento de pacientes em residências fora da parte central do serviço, a manutenção dessas unidades, o gerenciamento das oficinas de trabalho na instituição, que preveem um rendimento financeiro para o paciente, e a implementação de um programa de três anos de residência em psiquiatria na instituição. A abordagem metodológica da pesquisa é essencialmente qualitativa, constituindo-se de entrevistas e observação participante relacionados com os profissionais desse serviço de saúde.

Ocultar
TRAJETÓRIAS BIOGRÁFICAS E A ESCRITA DA HISTÓRIA

Coordenador Principal: Maria Elena Bernardes

Início: 10/2011

Término: 2/2012


Resumo:

O projeto tem como objetivo propiciar aos estudantes a oportunidade de conhecer e pesquisar o Fundo Maria Luiza Pinto de Moura, com a perspectiva de reflexão sobre como uma trajetória individual pode contribuir para revelar parte da história de uma instituição, no caso o CCLA-Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas, e a relação deste Centro com os pesquisadores e a cidade de Campinas. (PROJETO FAEPEX 1270/11)

Ocultar
TURISMO CULTURAL E EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL: O PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL COMO DETONADORES DAS AÇÕES EDUCACIONAIS E TURÍSTICASEM FAZENDAS HISTÓRICAS PAULISTAS

Coordenador Principal: Livia Morais Garcia Lima

Início: 1/2012

Término: 6/2015


Resumo:

A questão central desta pesquisa é analisar as ações de educação patrimonial não-formal realizadas no âmbito do meio rural paulista, voltadas para diferentes grupos etários, de diferentes classes sociais, a partir da comparação de três fazendas históricas paulistas, selecionadas entre as participantes do projeto PPP/FAPESP (07/55999-1). Serão pesquisadas uma de cada um dos tipos de fazendas, detectados em pesquisa anterior de Mestrado: 1º tipo - fazendas que oferecem atividades turísticas na forma de visita-dia, 2º tipo - fazendas realizando turismo de habitação ou 3º tipo - fazenda voltada para o turismo/empresa através de um hotel - fazenda. Para a realização das investigações que contemplem os objetivos da pesquisa, será feito um amplo levantamento bibliográfico sobre os temas da pesquisa. Ele alimentará o roteiro para a realização de entrevistas com os três responsáveis pelas propriedades históricas selecionadas, com os funcionários mais antigos, com os monitores e visitantes/turistas. Esse processo será realizado a partir de uma metodologia de caráter qualitativo (História Oral) com ênfase em duas técnicas: a entrevista aberta e o depoimento temático. Em uma segunda fase da pesquisa, o conteúdo das entrevistas realizadas será organizado tematicamente e analisado à luz das produções mais recentes de Educação Patrimonial, comparando seus resultados com aqueles da análise da bibliografia específica, no sentido de produzir instrumentos para a análise crítica das atividades de turismo cultural no espaço rural e de educação patrimonial observadas.

Ocultar
UNIVERSIDADE, INTERDISCIPLINARIDADE E MEMÓRIA: UMA ANÁLISE ANTROPOLÓGICA DA EXPERIÊNCIA DOS CENTROS E NÚCLEOS NA UNICAMP (PESQUISA BÁSICA)

Coordenador Principal: Marcos de Souza Queiroz

Início: 2/2009

Término: 12/2009


Resumo:

O propósito principal da pesquisa que deu origem a este livro foi investigar as representações sociais dos agentes acadêmicos mais diretamente envolvidos com os 24 Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa então existentes na Unicamp. Além de focar mais diretamente em tais órgãos universitários, que representam uma vanguarda na produção científica e acadêmica, a pesquisa buscou trazer uma reflexão sobre a vida no interior da estrutura universitária e sobre as condições institucionais de produção deste tipo de conhecimento. Os Centros e Núcleos Interdisciplinares de Pesquisa foram implantados na Unicamp com o propósito de permitir investigação cultural, científica, tecnológica e prestação de serviços com características interdisciplinares, que não poderiam ser conduzidas em departamentos convencionais. Embora tais instituições tivessem tido obstáculos de toda ordem para se implantar e se desenvolver, é hoje amplamente reconhecido que elas contribuem, além da prestação de serviços, significativamente para a produção de conhecimentos científicos, tecnológicos e artísticos, que levam ao reconhecimento internacional da Unicamp.

Ocultar
WALTER DE ALMEIDA - VIDA E OBRA NAS ARTES CÊNICAS

Coordenador Principal: Erminia Silva

Início: 6/2011

Término: 5/2013


Resumo:

A pesquisa visa resgatar a história de vida e obra de um dos mais importantes artistas circenses que atuaram no Brasil, na região da cidade de Campinas (SP) nas décadas de 1960-70, divulgando principalmente o circo-teatro. O intuito da pesquisa é legitimar e aprofundar o estudo do circo e das atividades circenses, sendo que seu produto possa ser disseminado entre professores, arte educadores da rede pública de ensino e de projetos sociais denominados circo social, fornecendo um conhecimento mais sólido desta expressão artística e corporal no âmbito educacional.

Ocultar
Voltar
COCEN Coordenadoria de Centros e Núcleos Interdisplinares de Pesquisa Rua Saturnino de Brito, nº 323, 2º andar Cidade Universitária Zeferino Vaz - Barão Geraldo, Campinas - SP CEP: 13.083-889 cocen@reitoria.unicamp.br +55 (19) 3521-4912 Equipe
Links
Voltar ao início Unicamp Escreva sua matéria
Acesse pelo celular