PROGRAMA PERFORMATIVO: O CORPO-EM-EXPERIÊNCIA

Eleonora Fabião

Resumo


“Programa Performativo: o corpo-em-experiência” trata de teoria e composição de performance e suas relações com a criação teatral contemporânea. Aqui descrevo e discuto performances realizadas por William Pope.L para propor um procedimento composicional específico: o programa performativo. Nesta reflexão a noção de “Corpo-sem-Órgãos” desenvolvida por Gilles Deleuze e Félix Guattari a partir da obra de Antonin Artaud é referente fundamental. O programa é compreendido como “motor da experimentação” – enunciado que norteia, move e possibilita a experiência. Tratar do programa performativo no âmbito da criação teatral é ainda evocar temas como cena expandida, corpo-em-experiência, experiência de criação de corpo e dramaturgia de ensaio.

Palavras-chave


Performance, Programa Performativo, Experimentação, Corpo-sem-Órgãos, Dramaturgia do Ensaio.

Texto completo:

PDF